Antonio Vicente da Fontoura Xavier (1856 - 1922)

public profile

View Antonio Vicente da Fontoura Xavier's complete profile:

  • See if you are related to Antonio Vicente da Fontoura Xavier
  • Request to view Antonio Vicente da Fontoura Xavier's family tree

Share

Birthdate:
Birthplace: Cachoeira do Sul, RS, Brazil
Death: Died in Lisbon, Portugal
Occupation: Poeta, Escritor, Diplomata
Managed by: Júlio Francisco Gregory Brunet
Last Updated:
view all

Immediate Family

    • Ana Sofia
      wife
    • Anna Margarida
      daughter
    • Gaspar
      father
    • João Baptista
      brother
    • Angelico
      brother
    • Cristóvão
      brother
    • Jose Afonso
      brother
    • Clarinda Gasparina
      sister

About Antonio Vicente da Fontoura Xavier

Nasceu em Cachoeira do Sul, RS, em 7 de junho de 1856 e morreu em Lisboa a 01 de abril de 1922 onde exercia o cargo de embaixador do Brasil. Foi jornalista, tradutor, poeta e diplomata brasileiro. Sua poesia parnasiana foi fortemente influenciada pela obra de Charles Baudelaire.

Seus primeiros estudos foram em sua cidade natal e posteriormente no Rio de Janeiro. Estudou Humanidades (RJ) entre 1870 e 1873. Iniciou em 1874 o curso de Engenharia (Escola Central, RJ), sem te-lo concluido. Em 1876 ingressa na Faculdade de Direito de São Paulo formando-se bacharel.

Poeta, lançou na literatura brasileira rimada o gênero triolet.Traduziu poemas de Edgar Allan Poe, Baudelaire, Jean Moréas, Sully Prudhomme e Shakespeare. Entre os anos de 1874 e 1891, aproximadamente, colaborou nos periódicos Besouro, Gazeta de Notícias (RJ, redator), Repórter e Revista Ilustrada (RJ). Em 1880 fundou o jornal A Gazetinha com Artur de Azevedo e Aníbal Falcão.

Foi redator do jornal carioca A Semana, em 1883. Em 1884, foi redator de A Federação (RJ); e publicou o livro de poesia Opalas, desconcertante, cosmopolita, e expressivo do movimento parnasiano; dividido em três volumes “Musa Livre, Clows e Ruínas, Opalas” refletindo matizes da sua poesia que impressiona pela versatilidade vocabular e pela musicalidade dos versos

Em 1887 lançou, no Rio de Janeiro, o panfleto em versos O Régio Saltimbanco, contra a monarquia. No periódico Tiradentes, Fontoura Xavier escreveu o poema Pedra falsa, outra manifestação de sua insatisfação com a monarquia. Usava os pseudônimos Poff e Irmão de Batista Xavier (*).

Na carreira diplomática, exerceu sucessivamente as funções de “Cônsul Privativo” nos EUA (1885), Porto (1891), Genebra (1893) e Buenos Aires (1893-94); elevado a “Cônsul de 1ª Classe”, serviu em Nova Iorque (1894).

Como “Ministro”, exerceu funções nas Antilhas (1906) e em Guatemala (1908).

Foi “Ministro Plenipotenciário” em Cuba (1910), México (1911), Espanha (1912), Grã-Bretanha (1914 - 1918) e Portugal (1919).

Nomeado “Embaixador” em Lisboa (1921), lá faleceu no desempenho do cargo, quando ultimava a programação das comemorações do “IV Centenário do Descobrimento do Brazil”.

É Patrono da Cadeira nº 14 da Academia Rio-Grandense de Letras.

(*) Joao Batista da Fontoura Xavier foi reporter e jornalista. Conhecido como Batista Xavier foi o fundador do Petit Journal de Porto Alegre. (1898 – 1906)

Fontes: Extraido, utilizado em partes e compilado a partir de: a) http://maragatoassessoramento.blogspot.co.uk/2009/09/gauchos-ilustres-f.html b) http://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B4nio_Vicente_da_Fontoura_Xavier c) http://iuriaz.blogspot.co.uk/2009/03/me-chamou-dias-atras-atencao-uma.html d) http://bndigital.bn.br/projetos/periodicosliterarios/personagens.htm#45 e) http://www.arl.org.br/

view all

Antonio Vicente da Fontoura Xavier's Timeline

1856
June 7, 1856
Cachoeira do Sul, RS, Brazil
1922
April 1, 1922
Age 65
Lisbon, Portugal
????
????