Carlos Orta Lobo de Ávila (1860 - 1895)

‹ Back to Orta Lobo de Ávila surname

Is your surname Orta Lobo de Ávila?

Research the Orta Lobo de Ávila family

Carlos Orta Lobo de Ávila's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Related Projects

Birthplace: Lisbon, Lisbon, Portugal
Death: Died in Lisbon, Lisbon, Portugal
Cause of death: Died single
Occupation: Conselh.o
Managed by: Angus Couper
Last Updated:

About Carlos Orta Lobo de Ávila

Lobo de Ávila (Carlos Orta).

n. 17 de Março de 1860. f. 9 de Setembro de 1895.

Escritor, jornalista, deputado, ministro de estado, etc.

N. em Lisboa a 17 de Março de 1860, fal. na mesma cidade a 9 de Setembro de 1895. Era filho do conde de Valbom, Joaquim Tomás Lobo de Ávila, e de sua mulher, a condessa D. Maria Francisca de Paula Orta, filha dos 1.os viscondes de Orta.

Bacharel formado em Direito pela Universidade de Coimbra, onde e fez um dos seus cursos mais distintos. Aos 18 anos estreou-se nas letras com um livro de viagens que publicou em fins de 1878, intitulado Carteira de um viajante, tendo o subtítulo de Apontamentos a lápis, prefaciado por Pinheiro Chagas. Neste livro revelou Carlos Lobo de Ávila grandes qualidades de escritor. A carteira de um viajante fora escrita para se publicar em folhetins no antigo Diário da Manhã. Sendo estudante, redigiu em Coimbra a Revista Literária, e juntamente com Luís de Magalhães escreveu uns folhetos com o nome de Zumbidos, em que manifestou apreciáveis dotes críticos. Não havia ainda realizado a formatura, quando foi eleito deputado, em Junho de 1884, e na primeira recomposição do ministério presidido por Hintze Ribeiro, que se realizou em 1895, entrou para a pasta das obras públicas, passando depois para a dos estrangeiros. Foi redactor do Tempo, que depois se tornou órgão do partido constituinte, de que era chefe José Dias Ferreira. Colaborou em diferentes jornais políticos, como o Repórter, Correio da Noite, Novidades, Tarde, Diário Ilustrado, etc., sendo mais assíduo no Diário Ilustrado, onde publicou uma série de artigos políticos que foram muito apreciados, analisando e criticando um projecto de reforma da Carta Constitucional, apresentado por José Dias Ferreira. Esses artigos saíram coligidos num folheto. No Diário da Manha, respondeu-lhe Delfim de Almeida. No Diário Ilustrado, também publicou, com diversos pseudónimos, artigos e folhetins. Carlos Lobo de Ávila faleceu quase repentinamente, aos 34 anos de idade, depois de regressar do Gerês, onde estivera fazendo uso das águas. Foi quem completou o livro O Príncipe Perfeito, que Oliveira Martins deixara incompleto, quando faleceu, aproveitando e coligindo todos os apontamentos que pertenciam àquele escritor e estadista.

in: http://www.arqnet.pt/dicionario/loboavilacarlos.html -------------------- Escritor e jornalista. Formado em Direito pela UC. Deputado. Ministro das Obras Públicas e dos Negócios Estrangeiros.

view all

Carlos Orta Lobo de Ávila's Timeline

1860
1860년 3월 17일
Lisbon, Lisbon, Portugal
1895
1895년 September 9일
Age 35
Lisbon, Lisbon, Portugal