Clemenza Doria (c.1535 - c.1591) MP

‹ Back to Doria surname

Is your surname Doria?

Research the Doria family

Clemenza Doria's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Birthplace: Gênova, Genova, Italy
Death: Died in Salvador, Bahia, Brazil
Managed by: Francisco Antonio Doria
Last Updated:
view all 15

Immediate Family

About Clemenza Doria

Clemenza Doria (c. Gênova, c. 1540 — Salvador, c. 1590/1591) foi uma nobre genovesa radicada no Brasil.

Filha natural do banqueiro genovês Aleramo Doria, que tinha negócios com a corte portuguesa ao tempo de D. João III de Portugal, e lhe financiava as explorações marítimas, Clemenza Doria foi educada com outras moças nobres, muitas das quais órfãs de pais que serviam à coroa, no Recolhimento de Nossa Senhora da Ajuda, em Lisboa. Em dezembro de 1554 a rainha D. Catarina de Portugal enviou Clemenza Doria e Catarina de Almeida ao Brasil, para que se casassem na colônia com membros da administração colonial. O enxoval de ambas soma cerca de 70 contos, uma quantia considerável, e é autorizado pessoalmente pela rainha, que o assina; as moças recebem também como dote cargos burocráticos na colônia - no caso de Clemenza Doria, o cargo de contador-geral das terras do Brasil.

Clemenza Doria casa-se no Brasil com Sebastião Ferreira, moço de câmara (um foro de fidalguia), então servindo na vereança local. Este é enviado a Portugal em meados de 1556, para relatar ao rei os conflitos entre o governador-geral D. Duarte da Costa e o bispo Sardinha, e é também morto pelos caetés. Provavelmente em começos de 1557, Clemenza Doria casa-se com Fernão Vaz da Costa, também fidalgo, filho do dr. Cristóvão da Costa, autoridade maior judicial em Portugal. Fernão Vaz morre entre 1567 e 1568; Clemenza sobrevive-lhe até 1591.

O status social de Clemenza Doria era alto, o que se depreende do fato de os documentos que lhe citam os maridos, sempre a ela se referirem, o que é pouco habitual. Sua condição de criada da rainha implicava numa proximidade imediata à corte.

Clemenza Doria tinha casas em frente ao mosteiro de São Bento em Salvador, e terras em Itaparica. De seus dois casamentos descende a família Doria da Bahia.

Clemenza Doria pertence à quarta geração de um grupo familiar diretamente envolvido nas navegações ibéricas. Seu bisavô Lodisio Centurione Scotto é o banqueiro que envia Cristóvão Colombo à Madeira em 1478 para comprar uma partida de açúcar, o que se atesta no famoso “documento de Asseretto,” datado de Gênova, em 1479. O genro de Centurione, Francesco Doria, financia em 1503 a parte de Colombo na expedição de Ovando à América. E, enfim, Aleramo Doria, filho de Francesco e neto de Centurione, é um dos banqueiros que emprestam fundos a D. João III para financiar-lhe as explorações na África, Ásia e América, como se vê no padrão de juros (espécie de letra de câmbio) emitido em favor de Aleramo em 1557. Cristóvão Doria, irmão ou meio-irmão de Aleramo Doria, é um comerciante envolvido nos negócios da pimenta, nos começos do século XVI, e teria também governado São Tomé e Príncipe antes de 1550.

Uma estimativa demográfica sugere que entre 5 a 10 milhões de indivíduos, hoje em dia, no Brasil, descendem de Clemenza Doria, que é assim uma das “mães fundadoras” do Brasil.

(http://pt.wikipedia.org/wiki/Clemenza_Doria)

view all 12

Clemenza Doria's Timeline

1535
1535
Gênova, Genova, Italy
1554
1554
Age 19
1558
1558
Age 23
1560
1560
Age 25
Salvador, Bahia, Brazil
1561
1561
Age 26
1563
1563
Age 28
1565
1565
Age 30
1567
1567
Age 32
1568
1568
Age 33
1591
1591
Age 56
Salvador, Bahia, Brazil