Frederico Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida, Sr. das Casas do Outeiro, do Outeiral, e do Choupelo

Is your surname Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida?

Research the Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida family

Frederico Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida, Sr. das Casas do Outeiro, do Outeiral, e do Choupelo's Geni Profile

Records for Frederico Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida

1 Record

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Frederico Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida, Sr. das Casas do Outeiro, do Outeiral, e do Choupelo

Birthdate:
Birthplace: Casa do Outeiro, Cesar, Oliveira de Azeméis, Aveiro, Portugal
Death: Died in Pedroso, Vila Nova de Gaia, Portugal
Cause of death: Queda de cavalo
Place of Burial: Capela de Santa Luzia da Casa do Outeiro, Cesar, Oliveira de Azeméis, Portugal
Immediate Family:

Son of José Bernardo Pinto Pereira de Vasconcelos, Sr. da Casa do Outeiro, e Q.ta do Outeiral and Ana Margarida Rosa Correia
Husband of Ana Clementina de Lima Pereira Leite de Berredo Praça and Margarida Emília Arantes Fontana
Father of Alfredo Pereira de Berredo Praça de Vasconcelos, Eng.º; Frederico Augusto de Vasconcelos Pereira Cabral; Augusto César de Vasconcelos Pereira de Almeida and Margarida Emília Fontana de Vasconcelos
Brother of José Pereira de Vasconcelos; Simão de Vasconcelos, frei; António Pinto Pereira de Vasconcelos, Cap.; Maria Albina Pinto Pereira de Vasconcelos; Ana José Pereira de Vasconcelos and 3 others

Occupation: Alferes do regimento de infantaria 18, Porto
Managed by: Fernando Macedo
Last Updated:

About Frederico Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida, Sr. das Casas do Outeiro, do Outeiral, e do Choupelo

Fidalgo-Cavaleiro da Casa Real (alvará de 17.06.1853). Oficial do Exército. Comandante do Batalhão da Sta. Catarina em Oliveira de Azeméis. Senhor das Casas do Outeiro (Cesar), Outeiral (Arouca) e Choupelo (Romariz).

Lv. óbitos Cesar, 1867-1879, fl. 196, nº4.

---

Fonte - Annaes do Municipio de Oliveira de Azeméis:

Frederico Pinto de Vasconcellos — Da casa da quinta do Outeiro, em Cezár, foram oriundos alguns homens lustres, sendo um d'elles Frederico Pinto de Vasconcellos, que, conjunctamente com seu irmão Joaquim Maria, fez como cadete as duas ultimas campanhas da guerra peninsular, onde foram gravemente feridos, sendo Frederico Pinto condecorado na batalha de Victoria, em que era porta-bandeira do regimento 18.

Este Frederico Pinto, já tenente, pediu a sua baixa, em 1819, passando á vida particular; mais tarde, impulonado pelos seus sentimentos liberaes, entrou na politica activa, cooperando conjunctamente com Silva Carvalho, de quem era intimo amigo, com Ferreira Borges e muitos outros na mallograda revolução de 1828.

E' claro que isto lhe valeu andar homisiado e ter a sua casa sequestrada, durante seis annos. Tomou uma parte muito activa na defeza do Porto, organisando, como official de linha que tinha sido, o batalhão provisório de Santa, Catharina, ao qual prestou relevantes serviços.

Em 1847, foi nomeado coronel do batalhão cartista de Oliveira de Azeméis, que teve uma existência ephemera, por desnecessário.

O irmão d'este, Joaquim Maria de Vasconcellos, capitão do célebre regimento de cavallaria 6 «Dragões de Chaves», foi o único ofhcial d'este regimento, que pelos seus sentimento liberaes não adheriu à revolta do mesmo em favor de D. Miguel, em 1823 (Silveirada).

Era irmão d'este frei Simão de Vasconcellos, monge de Cister, que, depois de secularisado por um breve pontifício de 17 do março de 1816, se recolheu á casa do Outeiro, em companhia de suas irmãs. Como os seus sentimentos liberaes chegassem quasi ao fanatismo, foi muito perseguido pelos realistas, sondo a casa do Outeiro cercada e saqueada, muitas vezes, pelas melicias, ordenanças e populares, no intuito de o prender, o que conseguiram, depois de alguns assaltos infruetiferos, no dia 28 de maio de 1828. na occasiâo em que ia fugindo, depois de ter sido ferido mortalmente por um tiro de bala pelas costas, aproveitando os seus perseguidores a occasiâo para o maltratarem brutalmente, depois de estendido no chão, chegando alguns a calcal-o aos pés. D'ahi foi recolhido á cadeia da Villa da Feira, d'onde se evadiu. Logo que se encontrou restabelecido, passado um anno, recolheu-se ao Porto, onde esteve escondido até a entrada de D. Pedro iv. que pôz á sua disposição alguns soldados, com os quaes organisou uma guerrilha que teve de se render ás ordenanças do Arouca, por falta de munições, no dia 8 de setembro de 1832. no logar de Fruste, freguezia de Moldes.

D'ahi foi levado para Yizeu, onde foi condemnado á morte pela chamada Commissão mixta. composta de três vogaes magistrados civis e de quatro voga.es militares, incluindo o tenente-general governador das armas da província, no dia 16 de outubro seguinte, sendo fuzilado no outro dia. no Campo de Santa Christina, por uma força de milícias de Bragança, e enterrado na capeíla de S. Martinho, sendo o- seus ossos com os de outros liberaes então igualmente arcabusados na mesma epocha, em 25 de agosto de 1830. trasladados, com grande solemnidade, para um condigno sarcophago na Sé de Vizeu. construído a expensas de um grupo de liberaes da mesma cidade.

A respeito d'este frei Simão escreveu Alberto Pimentel um romance, muito curioso e bem escripto, intitulado a «Guerrilha de frei Simão».

Era filho de Frederico Pinto o major do corpo de estado-maior Augusto César de Vasconcellos, que foi morto em Braga pela soldadesca desenfreada, victima do seu arrojo e da sua lealdade, tentando suffocar a revolta militar, dando voz de commando a 15 de setembro de 1862, como chefe de estado maior da divisão, para. onde tinha sido nomeado pelo seu venerando amigo visconde de Sá da Bandeira, commissão que só acceitou a instancias reiteradas do mesmo, visto que não lhe pertencia por escala.

Foi também filho de Frederico Pinto o engenheiro de minas Frederico Augusto de Vasconcellos, distincto geólogo, que deixou vários escriptos de importância na sua especialidade, destacando-se entre elles os que se referem aos terrenos quaternários de Portugal.

Actualmente, é possuidor d'esta casa Alfredo Praça de Vasconcellos, também filho de Frederico Pinto, distincto bacharel em mathematica e antigo engenheiro civil, que abandonou os serviços do governo, em junho de 1870, quando exercia o logar de chefe da repartição technica dos telegraphos e pharoes, no ministério das obras publicas, e ultimamente presidente da camará municipal d'este concelho.

---

view all

Frederico Pinto Pereira de Vasconcelos Cabral e Almeida, Sr. das Casas do Outeiro, do Outeiral, e do Choupelo's Timeline

1792
April 10, 1792
Cesar, Oliveira de Azeméis, Aveiro, Portugal
1820
April 25, 1820
Age 28
Porto, Porto, Porto District, Portugal
1821
1821
Age 28
1823
December 23, 1823
Age 31
Porto, Porto, Portugal
1841
April 2, 1841
Age 48
Porto, Portugal
1870
June 8, 1870
Age 78
Pedroso, Vila Nova de Gaia, Portugal
June 10, 1870
Age 78
Cesar, Oliveira de Azeméis, Portugal
????
????