Heitor Villa-Lobos (1887 - 1959) MP

‹ Back to Villa-Lobos surname

Is your surname Villa-Lobos?

Research the Villa-Lobos family

Heitor Villa-Lobos's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Birthplace: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Death: Died in Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Cause of death: Câncer
Managed by: Herbert Bijnr Richers
Last Updated:
view all

Immediate Family

About Heitor Villa-Lobos

Heitor Villa-Lobos (March 5, 1887 – November 17, 1959) was a Brazilian composer, described as "the single most significant creative figure in 20th-century Brazilian art music". Villa-Lobos has become the best-known and most significant Latin American composer to date. He wrote numerous orchestral, chamber, instrumental and vocal works. His music was influenced by both Brazilian folk music and by stylistic elements from the European classical tradition, as exemplified by his Bachianas Brasileiras ("Brazilian Bachian-pieces").

-----------------------------------------------------

Heitor Villa-Lobos nasceu em 5 de Março de 1887 no Rio de Janeiro. Aos cinco anos, viaja com a família para o interior dos estados do Nordeste. Desta viagem datam as suas primeiras impressões musicais e o seu amor pela música popular do Brasil. Seu pai, Raul Villa-Lobos, inicia-o na prática instrumental aos 6 anos ensinando-lhe violoncelo.

Em 1900 compõe "Panqueca"; a sua primeira peça para guitarra, dedicada a sua mãe Noémia. Em 1903, vai viver com sua tia Fifinha, e descobre os "Chorões" (grupos de músicos ambulantes). Com 18 anos, Villa-Lobos viaja ao interior do Brasil, estuda o povo, os seus costumes e os seus cantos e danças.

Em 1912 conhece a pianista Lucília Guimarães. Um ano mais tarde fixa-se no Rio de Janeiro. Heitor Villa-Lobos compõe então intensamente óperas, música sacra, música sinfónica e música de câmara. De 1912 a 1923 compõe a "Suite popular Brasileira" para guitarra, que compreende cinco peças: Mazurka Choro, Scottish Choro, Valsa Choro, Gavotta Choro et Chorinho. A 12 de Novembro, casa-se com Lucília Guimarães. Em 29 de Janeiro de 1915 dá o seu primeiro concerto como compositor no Teatro Eugénia em Nova Friburgo, perto do Rio de Janeiro. Em 1917 trava amizade com Arthur Rubinstein e Darius Milhaud. Compõe os bailados "Amazonas" e "Uirapuru". Compõe em 1918 "A Prole do Bebê nº 1" para piano, marcando a sua posição estética nacionalista. Em 1920 Heitor Villa-Lobos escreve "Choro nº 1" para guitarra, em homenagem aos seus amigos de rua, os "Chorões".

Em 1922 a convite de Graça Aranha, participa, com Mário de Andrade, Menotti del Picchia, Ronald de Carvalho e Guilherme de Almeida na Semana de Arte Moderna de São Paulo. Faz a sua primeira viagem à Europa em 1923, subvencionado pelo Congresso Brasileiro. Compõe o "Noneto".

Volta ao Brasil em 1925. Realiza concertos no Rio de Janeiro, São Paulo, Buenos Aires e Montevideu. Desloca-se à Argentina e ao Uruguai a convite da "Sociedade Wagneriana".

Em 1927, realiza a sua segunda viagem à Europa. Reside três anos em Paris onde, em 1929, compõe os "Doze estudos" para guitarra. Atinge então uma reputação internacional.

Em 1930, volta ao Brasil, a São Paulo. Heitor Villa-Lobos trabalha em projectos escolares de música para o governo do Presidente Getúlio Vargas. Em 1931 desloca-se a 54 cidades do interior de São Paulo acompanhado pelos artistas: Antonieta Rudge Müller, Nair Duarte Nunes, Souza Lima e Lucilia Villa-Lobos. desta excursão nasce a ideia do "Trenzinho do Caipira". Entre 1930 e 1945 compõe o "Bachianas Brasileiras". Conhece Arminda Neves de Almeida (Mindinha) em 1932.

De 1932 a 1945, assume a direcção do SEMEOU (Secretariado de Educação Musical e Artística) no Rio de Janeiro e institui o ensino obrigatório do canto nas escolas. Compõe um "Guia Prático" para coros escolares. Promove espectáculos corais ao ar-livre, reunindo coros que chegam a integrar 44.000 crianças. Concebeu um sistema completo de instrução musical para gerações de Brasileiros, baseado na rica cultura musical do Brasil, alicerçado num patriotismo profundo e sempre explícito.

Participa no Comité do Presidente Getúlio Vargas, na viagem oficial de 1935 à República da Argentina, por ocasião do terceiro Congresso Pan-Americain. No Teatro Colón (Buenos Aires) é apresentado, primeira vez, o bailado "Uirapurú".

Em 1936, viaja à Europa para participar no Congresso de Educação Musical, nas cidades de Praga, Viena e Berlim. De Berlim escreve a Lucília, pondo termo às suas relações. No regresso, liga-se à sua ex-aluna e colaboradora Arminda Neves de Almeida. Em 1940 funda o grupo "Sôdade do Cordão", revivendo as manifestações carnavalescas da sua infância. Compõe, neste ano, os "Cinco prelúdios" para guitarra.

Em 1943, é nomeado Director responsável pelo Conservatório Nacional de Canto, recentemente criado pelo Governo Federal. Em 1945, funda a "Academia Brasileira de Música" da qual é eleito Presidente.

1945 - 1959:

Viaja pelas Américas e pela Europa. Vai a Israel. Compõe e dirige muito concertos e grava uma parte das suas obras. Recebe inúmeras encomendas, quer particulares, quer de governos, do Vaticano e de instituições como a Fundação Koussevitzky. Em 1945, escreve músicas de filmes para Hollywood. Os anos 40 são um período de triunfo à escala internacional. Como compositor e chefe de orquestra da sua própria música, Heitor Villa-Lobos é vedeta em Los Angeles, New York e Paris.

Morre no Rio de Janeiro, aos 72 anos, a 17 de Novembro de 1959 e foi enterrado no Cemitério São João Batista de Rio de Janeiro. Heitor Villa-Lobos era dotado de um grande coração e uma energia absolutamente extraordinária.

voir http://fr.wikipedia.org/wiki/Heitor_Villa-Lobos

view all

Heitor Villa-Lobos's Timeline

1887
March 5, 1887
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
1912
1912
Age 24
1959
November 17, 1959
Age 72
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
????
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil