Isabel Henriques, condesa de Redondo

Is your surname Henriques?

Research the Henriques family

Isabel Henriques, condesa de Redondo's Geni Profile

Records for Isabel Henriques

155,799 Records

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

About Isabel Henriques, condesa de Redondo

Doña Ifabel Enriquez cafó con Don Juan Coutiño, fegundo Conde de Redondo. Historia de la Muy Ilustre Casa de Sousa, España, 1770 Duques de Aveyro. Pág. 431

______________________________________

Isabel Henriques (século XV - século XVI) foi uma nobre portuguesa. Foi condessa de Redondo, tendo-se destacado como esposa de João Coutinho, 2.º conde de Redondo, na defesa da Praça-forte de Arzila.

Biografia:

Foi filha de D. Fernão Martins Mascarenhas, 1.º Senhor de Lavre e Estepa, e irmã do 6.º Vice-rei do Estado Português da Índia, D. Pedro Mascarenhas, e de D. Manuel Mascarenhas, que depois também viria a ser capitão de Arzila. Teve 3 filhos:

D. Francisco Coutinho, 3.º conde de Redondo, Capitão de Arzila e 8.º Vice-rei da Índia,

D. Álvaro Coutinho, comendador de Almourol, e D. Isabel Henriques.

Chegou a Arzila por terra pouco antes do cerco que lhe foi imposto em 1509 pelo rei de Fez, Mulei Mafamede. No primeiro dia do cerco chegou a caravela "carregada de fato e frasca dele [D. João] e de sua mulher", que se perderia as mãos dos muçulmanos. ("Anais de Arzila", Tomo I)

Tendo o pai retornado definitivamente a Portugal, D. João sucedeu-lhe na capitania de Arzila (janeiro de 1514):

"Tanto que o conde de Borba, D. Vasco Coutinho, foi embarcado e partiu para Portugal, deixando todavia a condessa sua mulher [D. Catarina da Silva] e suas filhas e Dom Bernardo seu filho em Arzila, com muita alegria e contentamento de toda a vila foi recebido e obedecido Dom João Coutinho, seu filho, por capitão" (Op. cit.)

A condessa do Redondo, esposa do governador de Arzila, ficou famosa pelas relações de cortesia que foi capaz de estabelecer com o chefe mouro Mulei Abrahem, Alcaide de Xexuão, Senhor de Meknès, grande inimigo dos portugueses.

Mulei Abrahem atacava Arzila com frequência, apanhando o gado e as colheitas dos campos em redor. Mas, antes de se retirar, mandava um dos seus homens bater à porta do castelo para "cumprimentar o senhor conde e beijar a mão à senhora condessa".

A condessa entrava no jogo e mandava-lhe burros carregados de bolos, com recados simpáticos dizendo que "(...) se nos tivesse avisado do ataque com alguns dias de antecedência, eu teria preparado melhores iguarias..."

http://fortalezas.org/?ct=personagem&id_pessoa=2419