João José Carneiro da Silva, 1º barão de Monte de Cedro

Is your surname Carneiro da Silva?

Research the Carneiro da Silva family

João José Carneiro da Silva, 1º barão de Monte de Cedro's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Related Projects

About João José Carneiro da Silva, 1º barão de Monte de Cedro

João José Carneiro da Silva, primeiro e único Barão de Monte de Cedro, (Quissamã, 16 de outubro de 1839 – Rio de Janeiro, 2 de agosto de 1882) foi um fidalgo, proprietário rural, político e empresário brasileiro.

Filho de José Carneiro da Silva, primeiro Barão de Araruama e Visconde de Araruama, e de dona Francisca Antonia Ribeiro de Castro, filha de Manuel Antonio Ribeiro de Castro, primeiro Barão de Santa Rita. Irmão de Bento Carneiro da Silva, Conde de Araruama; de Manoel Carneiro da Silva, Visconde de Ururaí; e de José Caetano Carneiro da Silva, Visconde de Quissaman. Cunhado de Ignácio Francisco Silveira da Motta, Barão de Vila Franca.

Casou-se com dona Anna Francisca Carneiro Ribeiro de Castro em 31 de julho de 1864, que era sua sobrinha e prima-irmã, filha de sua irmã Maria Isabel e do comendador Julião Ribeiro de Castro, irmão de sua mãe. Mas Anna Francisca, sete meses depois, morreria. João José, em 1 de abril de 1866, casa-se então com a irmã de sua falecida esposa, dona Francisca Antonia Carneiro Ribeiro de Castro, conhecida como Totonha, baronesa consorte.

Desse casamento nasceram os filhos:

  • José Julião Carneiro da Silva, casado com sua prima Francisca Maria Carneiro Ribeiro de Castro, neta do Conde de Araruama.
  • Maria Isabel de Castro Carneiro da Silva, falecida ainda criança.
  • Carlos Arthur Carneiro da Silva, casado com sua prima Anna Luísa Carneiro de Queirós Mattoso, neta do Visconde de Ururaí.
  • Francisca Maria de Castro Carneiro da Silva, casada com Doutor Antonio Cavour Pereira de Almeida.
  • Anna Francisca de Castro Carneiro da Silva, casada com Doutor Antonio Cavour Pereira de Almeida, viúvo de sua irmã.

Em 1863, graduou-se na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco em São Paulo e retornou à sua cidade para cuidar de sua propriedade, a Fazenda Monte de Cedro.

Ergueu no centro da freguesia de Quissamã uma grande casa para sua família, a Chácara São João, pois sua fazenda era muito distante. Esta construção, concluída por seu irmão o Visconde de Quissamã, ainda está preservada e serve como exemplo das residências urbanas - com algumas característica rurais - utilizadas pelas oligarquias do açúcar do final do século XIX.

Apesar de Advogado, exerceu sua forte vocação de ruralista, dedicando-se a vários estudos e trabalhos publicados por editoras no Rio de Janeiro: “Estudos Agrícolas 1.ª e 2.ª Série”; “Estudos sobre a Quina”; “Memórias sobre Estudos e Enxertos de Canas”; “Estudos Econômicos” e “Notícias Descritivas sobre o Município de Macaé”. Fez a tradução do famoso Relatório de Burton sobre os engenhos centrais da Martinica, que serviu de modelo para a implantação de engenhos centrais no Brasil.

Juntamente com seus irmãos, cunhados e outros parentes, fundou a Cia. Engenho Central de Quissamã, a primeira do gênero na América do Sul.

Na política, foi por várias legislaturas Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Macaé, numa época em que, não havendo a figura do prefeito, o Poder Executivo era exercido pelo Presidente da Câmara.

Por Decreto Imperial de 17 de dezembro de 1881, assinado por Dom Pedro II, recebeu o título de Barão. Morreu no Rio de Janeiro, em 2 de agosto de 1882, no Hotel de Santa Teresa onde estava hospedado. Um simples resfriado transformou-se em pneumonia. Seu corpo está sepultado no Cemitério do Catumbi.

Fonte: WP

view all

João José Carneiro da Silva, 1º barão de Monte de Cedro's Timeline