Leocádio Pereira Da Costa

Is your surname Pereira Da Costa?

Research the Pereira Da Costa family

Leocádio Pereira Da Costa's Geni Profile

Records for Leocádio Pereira Da Costa

25,257 Records

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Leocádio Pereira Da Costa

Birthdate:
Birthplace: Paranaguá, Parana, Brazil
Death: Died in Paranaguá, Parana, Brazil
Immediate Family:

Son of Francisco Antonio Pereira and Joaquina da Costa Pereira
Husband of Maria Leocadia De Vasconcellos
Father of Esther Pereira

Managed by: Daniel Feldman
Last Updated:

About Leocádio Pereira Da Costa

Trabalhou na alfândega, em Paranaguá-PR, de 1878 a 1881.

A revista "Cruzada" inseriu a seguinte biografia deste illustre paranaense, que com devida venia, aqui reproduzimos: "Nasceu na cidade de Paranaguá a 7 de Dezembro de 1832. Foram seus paes o Major Francisco Antonio Pereira e D. Joaquina da Costa Pereira. Era o 2º netto varão do Capitão-mor Manoel Antonio Pereira - tronco das familias Pereira e Correia. A descendencia de Leocadio Pereira da Costa é de (em 1920) 5 filhos, 22 nettos e 25 bisnettos. Ficando orphão aos 12 annos, foi educado pelo seu tio paterno, o Coronel Antonio Pereira da Costa ( Tonhá ), negociante da prça de Paranaguá, que o preparou para a vida commercial na qual trabalçhou até 1862. Dedicava, entretanto, as horas vagas ao cultivo da literatura, para a qual sentia grande vocação. Abandonando a vida mercantil, fundou, em 1862, o primeiro jornal que se publicou em Paranguá, com o título de "Commercio do Paraná" até 1865, cuja colleção encadernada se encontra nos archivos da Camara Municipal, que recentemente deu o seu nome a uma das principaes praças nossas. Desde o 1º numero do "Commercio do Paraná", Leocadio Pereira revelou-se um jornalista de pulso e um literato primoroso, que a todos encantava pela sabedoria dos seus conceitos, abordando as questões politicas e economicas; e pela belleza do seo estylo na prosa e na poesia. Folhetinista de extraordinario humorismo e de rara fecundidade nesse genero leterario, era considerado como o primeiro folhetinista sa sua epocha. Possuia igualmente o dom da tribuna, onde muitas vezes foi ouvido em conferencias literarias, que era, calorosamente applaudidas pela impecavel riqueza da sua palavra facil e colorida. Passando a propriedade do "Commercio do Paraná" ao seu ami go José Ferreira Pinheiro, entrou para a carreira do funciuonalismo publico, como Ajudante do Inspector de Alfandega de Paranaguá. A sua aptidão foi logo notada pelo governo, que o nomeou para outros cargos de confiança em Curityba, no Ceará e no Rio de Janeiro. Voltando á sua terra natal, como Inspetor da Alfandega, cargo que exerceu por duas vezes em 1879 e 1884, aqui falleceu e 1º de abril de 1884, aos 51 annos de edade incompletos. Seus trabalhos literarios, poesias, romances e folhetins existem publicados em diversos jornaes, tanto do Paraná, como de outros Estados, onde eram transcriptos e apreciados" ("Cruzada" - Fevereiro 1920). Para demonstrar o estylo deste illustre paranaense vamos transcrever algumas estrophes da sua saudação aos Voluntarios da Patria no seu regresso á Curityba:

Mancebos valente, heroicos soldados Filhos amados da terra da Cruz! Escudos da patris, gigantes da guerra Voltastes a terra, radiante de luz!

Esse fogo divino, por Deus enviado A todo o soldado que a patria accenou Era chamma sagrada do seu patriotismo Que, com heroismo, jamais se apagou

Travou-se o combate, medonho, terrivel! E a cohorte invencivel não teme o canhão; Avante caminha, garbosa, altaneira Desfraldando a bandeira dáuri verde pendão!

Ao som das bombardas - dragões das batalhas Lançando metralhas que a morte traziam, Os filhos da patria valentes soldados Em sangue balhados, o campo tingiam

Victoria! victoria! exclamavam os bravos A turba de escravos se rposta no chão, Victoria! repetem as auras que passam E todos se abraçam - está salva a nação.

Os dois grande mestres de Leocadio Pereira foram França Junior, na prosa e Domingos de Magalhães no verso. Leocadio Pereira foi, de facto, um paranaense de valor pelas luzes do seu previlegiado talento. (Extraído do "Dicionário Histórico e Geográfico do Paraná" - Ermelino A. de Leão - I.H.G.P. - 1994 - pág. 1154 a 1156)

Fonte: Museu Maçonico Paranaense

view all

Leocádio Pereira Da Costa's Timeline

1832
December 8, 1832
Paranaguá, Parana, Brazil
1884
April 1, 1884
Age 51
Paranaguá, Parana, Brazil
????
????