Lourenço de Almada, governador-geral do Brasil

Is your surname de Almada?

Research the de Almada family

Lourenço de Almada, governador-geral do Brasil's Geni Profile

Records for Lourenço de Almada

6,211 Records

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Lourenço de Almada, governador-geral do Brasil

Birthdate:
Death: Died
Immediate Family:

Son of Luiz de Almada, 11º senhor dos Lagares d'El-Rei, 6º senhor de Pombalinho and Luiza de Menezes
Husband of Catarina Henriques and D. Catarina Henriques
Father of Luis José de Almada, 8° senhor de Pombalinho; Luiza de Menezes; Violante de Almada Henriques and Luiza de Menezes
Brother of Filippa Maria de Mello; Antão de Almada e Menezes; Isabel Francisca da Silva; Francisco de Almada e Menezes; José de Almada, chantre da Sé de Viseu and 1 other

Occupation: 9º conde de Avranches, 12º senhor dos Lagares d' El-Rei, 7º senhor de Pombalinho, governador-geral do Brasil
Managed by: Lúcia Pilla
Last Updated:

About Lourenço de Almada, governador-geral do Brasil

Lourenço de Almada, 9º conde de Avranches, 12º senhor dos Lagares d' El-Rei, 7º senhor de Pombalinho (1645 — 2 de maio de 1729), entre vários lugares oficiais de grande responsabilidade, teve especial relevo como administrador colonial de Portugal.

Teve a comenda de S. Vicente de Vimioso e recebeu também a alcaidaria-mór e comenda de Proença-a-Velha, da Ordem de Cristo, em 1675, por seu avô materno (anterior alcaide e comendador) ter fugido para Castela quando tomou partido do D. Filipe III. Essa função e privilégio será continuado pelos primogénitos da sua descendência até à implantação do liberalismo em Portugal.

Foi Mestre-sala da Casa Real (cargo oficial que se manteve na sua família directa, por varonia, hereditário durante seis gerações), dos reis D. Pedro II e D. João V, fidalgo do Conselho da Junta dos Três Estados, e por último ainda foi Presidente da Junta do Comércio.

Ocupou igualmente e respectivamente os lugares de capitão-general da Ilha da Madeira (4.08.1687-1690) e governador-geral de Angola e do Brasil.

A tomada de posse do lugar de governação do reino de Angola deu-se em 20 de Novembro de 1705. Conta-nos João Carlos Feo e Torres que D. Lourenço governou, até 4 de Outubro de 1709, com grande prudência e integridade.

Embora assim fosse, teve pouca sorte no Brasil porque nessa altura, apenas ele chegou a Pernambuco, começaram as revoltas dos moradores do Recife, chamada Guerra dos Mascates, protegidos pelo governador Sebastião de Castro, que queriam que a sua povoação fosse elevada a vila. E mal tinha tudo acalmado recebeu a notícia de que um corsário francês, Duguay-Trouin, tomara e saqueara o Rio de Janeiro, querendo vingar a derrota que tempos antes sofrera aí uma expedição francesa comandada por Du Clerc. O mais grave é que este, exigiu para resgate dos edifícios que poupava, uma quantia exorbitante e a que D. Lourenço se viu obrigado a pagar. Tudo isso deve ter sido demasiado para ele porque, apenas um ano depois da sua governação, em 1711, pediu a demissão. Ainda continuou vivendo na Baía, sem qualquer função de estado, mas, no seu azar, viu-se envolvido noutros confrontos sem o desejar que achou por bem retirar-se definitivamente para Portugal continental.

Foi sepultado na capela de S. Fulgêncio, na Igreja da Graça (Lisboa), tal como seus antepassados desde o tempo de Lopo Soares de Alvarenga.

Filho de Luís de Almada, 11º senhor dos Lagares d' El-Rei, 6º senhor de Pombalinho, casado a 1.ª vez, em 1620, com Ana de Vilhena e da 2.ª, em 1625, com Luisa de Menezes, filha de Francisco de Menezes, comendador de Proença-a-Velha, Veador e Reposteiro-mor da casa de El-Rei, e de sua mulher Filipa de Menezes.

Casado com Catarina Henriques, Dama do Paço (da Rainha Dona Maria Francisca Isabel de Sabóia), a 16 de Maio de 1671 e que faleceu a 16 de Maio de 1721, filha de João de Almeida, comendor de Loures e alcaide-mór de Alcobaça, e de Violante Henriques.

Tiveram 7 filhos:

  1. Luis José de Almada, 10.º conde de Avranches, 8º senhor de Pombalinho, em 1670, casado com Francisca Josefa de Tavora e depois com Violante de Portugal.
  2. João de Almada, formado de Cânones pela Universidade de Coimbra, cónego da Sé de Lisboa e e cavaleiro da Ordem de Cristo. Nasceu em 1677 e morreu em 25 de Julho de 1725.
  3. Violante de Almada Henriques, Dama do Paço, casada com Tristão de Mendoça e Albuquerque, comendador de Avanca, Mestre de Campo do Terço de Setúbal e Comissário da Cavalaria.
  4. Luísa de Menezes, Dama do Paço, casada, a 19 de Maio de 1698, com João Gonçalves da Câmara Coutinho, Almotacé-mor do Reino e na Ordem de Cristo comendador de Santiago de Bonfe ou Ronfe, de S. Miguel de Bobadela e São Salvador de Maiorca, filho de António Luís da Câmara Aguiar Coutinho, Governador de Pernambuco, da Baia, no Brasil e Vice-Rei da Índia, e que teve o ofício de Almotacel-mór por ser de seu padrasto Francisco de Faria. Falecida a 8 de Abril de 1723.
  5. Joana Maria de Portugal casada com João Pedro Soares da Veiga Avelar Taveira e Noronha ou João Pedro Soares Coutinho, Provedor de Alfandega de Lisboa, filho de Diogo Soares e Antónia de Noronha. Sem geração.
  6. Isabel, freira no Mosteiro da Esperança de Lisboa.
  7. Maria, freira no Mosteiro da Esperança de Lisboa.

(http://pt.wikipedia.org/wiki/Louren%C3%A7o_de_Almada,_9.%C2%BA_conde_de_Avranches)

view all

Lourenço de Almada, governador-geral do Brasil's Timeline

1645
1645
1670
1670
Age 25
Leiria
1671
October 28, 1671
Age 26
1676
September 9, 1676
Age 31
September 9, 1676
Age 31
Lisboa, Lisboa, Portugal
1729
May 2, 1729
Age 84
????