Manoel da Costa Resende, Alferes

public profile

Is your surname da Costa Resende?

Research the da Costa Resende family

Manoel da Costa Resende, Alferes's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

About Manoel da Costa Resende, Alferes

O autor Arthur Rezende informa sobre a descendência dele no livro Genealogia Mineira, páginas 605 a 617.

Verificamos que ele apareceu como Manoel da Encarnação Resende no registro de óbito de um seu filho recém-nascido. Óbito de 15.06.1762 (provável folha 79, livro 34, cx. 09) - O livro 34 contém mais de uma série numérica de folhas e há muitas folhas onde não se vê a numeração. Ele foi batizado em 09.04.1736, conforme documento do Arquivo Eclesiástico da Diocese de São João del Rei (referência: folha 90, livro 02, caixa 01, estante 01, Prados): Em nove de abril do ano de mil setecentos e trinta e seis, na matriz de Prados, o vigário batizou e pôs os Santos Óleos a Manoel, filho de João de Resende e de Elena Maria, sua mulher, da freguesia de Prados; foram padrinhos João Gonçalves Chaves, da dita freguesia, e Anna Maria, filha de Diogo G..., da freguesia de São João del Rei e, para constar, foi feito este assento, dia, mes e era ut supra. O vigário, Padre Manoel da Encarnação Justiniano. Casou-se em 02.02.1760 com Anna Filipa Ferreira, filha de Manoel Carvalho Duarte e de Bárbara Ferreira Brandoa, conforme documento do citado Arquivo Eclesiástico de São João del Rei (fls 49, livro 21, caixa 6, estante 1, Prados): Em dois de fevereiro de mil setecentos e sessenta, na matriz de Nossa Senhora da Conceição de Prados, pelas duas horas da tarde, feitas as denunciações e mais diligências necessárias, na dita matriz, onde os contraentes são naturais, na forma do Sagrado Concílio Tridentino, Constituição, e Capítulos de visita, sem se descobrir impedimento algum, como consta de uma provisão do Muito Reverendo Doutor Joseph dos Santos, visitador geral da Comarca do Rio das Mortes, que ficou na mão do Reverendo vigário da freguesia, na presença do coadjutor, e das testemunhas abaixo assinadas, o Reverendo vigário Manoel Martins de Carvalho e o Reverendo Antônio Correa de Azevedo, e de outras muitas que presente se achavam, casaram-se, por palavras de presente, "et in facie Ecclesiae", Manoel da Costa Resende, natural da dita freguesia de Prados, filho legítimo de João de Resende Costa e de Elena Maria, com Anna Phelipa Ferreyra, natural da dita freguesia de Prados, filha legítima de Manoel Carvalho Duarte e de Bárbara Ferreyra Brandoa, e logo lhe deu as bênçãos nupciais, na forma do Ritual Romano e Cerimônias da Igreja; e para constar foi feito este assento, que o coadjutor assinou, dia e era ut supra. O coadjutor, Padre João de Resende Costa. Observação nossa: assinaram também o vigário Padre Manoel Martins de Carvalho, e o Padre Antônio Correa de Azevedo (que foi coadjutor na capela de Nossa Senhora da Glória, da Ressaca, filial de Prados). No já citado Arquivo Eclesiástico da Diocese de São João del Rei, há o batismo em 08.01.1767 da filha Ana, nascida em 22.12.1766 (livro 7 de aditamentos) e constam os registros de óbito de mais quatro filhos de Manoel da Costa Resende: 1º - Em 10.11.1763, faleceu uma inocente, batizada em casa, filha de Manoel da Costa Resende e de Anna Felipa; ela foi encomendada pelo coadjutor, Padre João de Resende Costa, e sepultada dentro da igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Prados (folha [95?] do livro 34, caixa 09, estante 01, Prados). 2º - Falecimento em 16.09.1764 de Maria, inocente, filha de Manoel da Costa Resende; foi encomendada pelo coadjutor Padre João de Resende Costa e sepultada dentro da capela de Santo Antônio, de Lagoa Dourada, MG, filial da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Prados (folha 111 verso, livro 34, caixa 09, estante 01, Prados). 3º - Falecimento em 16.03.1771 de um inocente, filho de Manoel da Costa Resende; ele foi encomendado pelo coadjutor, Padre Luiz Martins Roque e sepultado na capela de Santo Antônio, da Lagoa Dourada, MG (folha 138 verso, livro 33, caixa 09, estante 01, Prados). 4º - Falecimento em 07.10.1771 de um inocente (filho de Manoel da Costa Resende), que havia sido batizado em casa, e foi sepultado dentro da igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Prados, MG (folha 139 verso, livro 33, caixa 09, estante 01, Prados). Além destes, há o filho Inácio relacionado pelo autor Arthur Rezende. Óbito de uma irmã de Anna Felipa Ferreira, conforme documento do Arquivo Eclesiástico da Diocese de São João del Rei (folha 47, livro 32, caixa 8, estante 01, Prados): em 16.09.1736, faleceu Maria, inocente, filha de Manoel Carvalho Duarte e de Bárbara Ferreira Brandoa, da freguesia de Prados, batizada em casa assim que nasceu, e foi sepultada dentro da igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição de Prados. Casamento de Manoel Carvalho Duarte com Bárbara, realizado em 09.05.1730, conforme documento do já citado Arquivo Eclesiástico da Diocese de São João del Rei: Em nove de maio de mil setecentos e trinta, na matriz de Prados, feitas as denunciações, na forma do Sagrado Concílio Tridentino, e não resultando impedimento, com presença do vigário, e precedendo provisão do Reverendo Doutor vigário da vara da comarca, receberam-se, com palavras de presente, Manoel Carvalho Duarte, filho legítimo de João Carvalho, e de sua mulher, Domingas Duarte, natural da freguesia de São Miguel de Silvares, arcebispado de Braga, com Bárbara Ferreyra Brandoa, filha legítima de Veríssimo Ribeyro Salvado e de sua mulher, Maria Pereyra Pinta, natural da freguesia de São Gonçalo, bispado do Rio de Janeiro. Foram testemunhas o Padre Cristóvão Gomes da Silva, Antônio da Silva Dezerto e Antônio da Silva; e logo o Vigário lhe deu as bênçãos, conforme os ritos e cerimônias da Santa Madre Igreja; e para constar foi feito este assento, dia, mes e ano ut supra. O vigário Padre Nicolau Tavares (folha 11 verso, livro 20, caixa 06, estante 01, Prados). Casamento de uma cunhada do alferes Manoel da Costa Resende, documento do citado Arquivo Eclesiástico da Diocese de São João del Rei (folha 78 verso, livro 21, caixa 6, estante 1, Prados): Em 18.11.1765, pelo meio dia, na matriz de Nossa Senhora da Conceição de Prados, e na presença do vigário Padre Manoel Martins de Carvalho, casaram-se o capitão Antônio Martins de Magalhães, natural da vila de Barcelos, arcebispado de Braga, filho de Manoel Martins de Magalhães e de Anna Maria Mesquita, com Maria Josefa da Glória, natural de Prados, filha de Manoel Carvalho Duarte e de Bárbara Ferreira Brandoa. No Arquivo Histórico do Escritório Técnico do IPHAN, em São João del Rei, caixa 375, há o inventário de Bárbara Ferreira Brandão, tendo como inventariante o ajudante João Ferreira de Carvalho. O citado inventário é do ano de 1793, iniciado na Fazenda e Sítio das Laranjeiras, freguesia de Prados, termo da Vila de São José, Comarca do Rio das Mortes, e nele há cópia do testamento com que faleceu Bárbara Ferreira Brandoa, feito em 30.03.1790, aprovado em 31.03.1790, e com um Codicilo de 30.05.1792. No testamento citado, ela declarou seu nome, Bárbara Ferreira Brandoa, viúva de Manoel Carvalho Duarte (portanto este já estava falecido na data de 30.03.1790), e nomeou seus testamenteiros: em primeiro lugar o seu filho João Ferreira, em segundo lugar o seu filho Manoel Carvalho Duarte e em terceiro lugar o seu genro o alferes Manoel da Costa Resende. Relação de quatro filhos feita no inventário referido acima: 1) Manoel Carvalho Duarte; 2) Maria Josefa da Glória, que foi casada com o Capitão Antônio Martins de Magalhães (já falecido); 3) Anna Felipa Ferreira, casada com o alferes Manoel da Costa Resende; e 4) o ajudante João Ferreira de Carvalho. No Arquivo Eclesiástico da Diocese de São João del Rei (no livro 35, folhas 30 a 32, caixa 9, estante 01, Prados), há o registro do falecimento de Bárbara Ferreira Brandoa: Em 18.08.1792, faleceu Bárbara Ferreira Brandoa, viúva que tinha ficado do falecido Manoel Carvalho Duarte; foi encomendada pelo Padre Luiz Martins Roque, acompanhada pelos sacerdotes que se achavam presentes, e sepultada dentro da igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Prados, MG. Fez seu solene testamento, que também está transcrito lá (inclusive o termo de aprovação em 31.03.1790 e o codicilo), após o registro do falecimento. Há o registro de óbito de uma Maria Ferreira Brandoa, falecida em 14.01.1819 com todos os sacramentos e com a idade de 80 anos; foi encomendada pelo Padre João de Mello Costa e sepultada dentro da capela de Nossa Senhora do Rosário, filial da matriz de Nossa Senhora da Conceição de Prados (folha 64 verso, livro 36, caixa 10, estante 01, Prados, documento do Arquivo Eclesiástico da Diocese de São João del Rei).

view all 12

Manoel da Costa Resende, Alferes's Timeline

1736
April 9, 1736
Brazil
April 9, 1736
Prados, Minas Gerais, Brazil
1760
February 2, 1760
Age 23
Prados, Minas Gerais, Brazil
1766
December 22, 1766
Age 30
1769
August 1769
Age 33
Minas Gerais, Brazil
1777
March 1777
Age 40
Tiradentes, Minas Gerais, Brazil
????
Minas Gerais, Brazil
????
????
????