Marina Ruy Barbosa MP

public profile

View Marina Ruy Barbosa's complete profile:

  • See if you are related to Marina Ruy Barbosa
  • Request to view Marina Ruy Barbosa's family tree

Share

Birthdate: (18)
Birthplace: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Managed by: Carla Assenheimer (C)
Last Updated:
view all

Immediate Family

About Marina Ruy Barbosa

Marina Souza Ruy Barbosa1 (Rio de Janeiro, 30 de junho de 1995)2 3 é uma atriz brasileira. Os cabelos ruivos são considerados a marca registrada da atriz.

Marina fez seu primeiro trabalho significativo no filme Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida, no qual interpretou a personagem Mylla. Em seguida, a jovem fez o papel de Aninha na telenovela Começar de Novo. Seu bom desempenho nesse papel rendeu-lhe um convite para participar dos testes para a personagem Sabina em Belíssima, onde a atriz fez sucesso na pele de Sabina.

O novelista Walcyr Carrasco a convidou para viver a personagem Isabel no elenco da telenovela Sete Pecados. Posteriormente, vivendo a personagem Vanessa da telenovela Escrito nas Estrelas, Marina teve a ideia de criar os brincos de zíper usados pela personagem, um acessório que acabaria por virar modismo entre as adolescentes brasileiras. Em 2011, a atriz viveu a personagem Alice na telenovela Morde & Assopra interpretando sua primeira vilã, e tornou-se um dos maiores destaques da trama. 9 10 Marina se destaca também pelo seu estilo de se vestir, usando sempre produções atualizadas com as tendências, e nos eventos costuma estar sempre entre as mulheres mais elogiadas pelas especialistas em moda. Ela tornou-se uma referência (it girl) para as jovens que querem seguir seu estilo.

Biografia

Primeiros anos e início da carreira

Marina nasceu na Gávea, bairro da zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Filha única, ela é tetraneta do célebre escritor, jurista e político baiano Ruy Barbosa. Marina não tem nenhuma relação de parentesco com o autor de novelas Benedito Ruy Barbosa.

Marina fez seu primeiro trabalho significativo no filme Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida, no qual fez a personagem Mylla, menina princesa de uma tribo de vikings, que viviam em uma cidade perdida dentro de uma floresta. A nota interessante é que antes de começar a gravar o filme, Marina teve várias aulas de sueco, já que todas as falas dela no filme eram nesse idioma.

Em seguida, Marina fez testes para a telenovela brasileira Começar de Novo, onde interpretou a personagem Ana, o anjo-da-guarda protetor de Miguel (Marcos Paulo), o protagonista. Aninha era uma personagem misteriosa, que guardava segredos importantes da trama, e tinha a origem desconhecida. A personagem possuía poderes paranormais, e com uma forte carga de espiritualidade, recebia mensagens do céu, que a orientavam na sua missão na terra. Como a personagem Ana não falava, Marina teve o desafio adicional de ter que se comunicar principalmente através do olhar e expressões faciais. Foi a primeira novela que Marina fez da novelista Elizabeth Jhin, em um papel que encantou e emocionou o público.

Em 5 de março de 2005, Marina estreava no teatro infantil como protagonista da peça "Chapeuzinho Vermelho - O Musical", que teve temporadas no Teatro dos Grandes Atores, na Barra da Tijuca, e no Teatro do Leblon, no Leblon.

O bom desempenho de Marina em Começar de Novo rendeu-lhe um convite para participar dos testes para a personagem Sabina em Belíssima. Depois de passar por testes muito concorridos, ela foi a escolhida para viver o papel, pelo novelista Silvio de Abreu e pela diretora Denise Saraceni. Sabina era uma personagem de importância na trama da novela, filha de Vitória (Cláudia Abreu) e de Pedro (Henri Castelli), neta da vilã Bia Falcão (Fernanda Montenegro), sobrinha de Júlia (Glória Pires), e afilhada de Nikos (Tony Ramos). Sabina exercia uma grande influência na avó, a vilã Bia Falcão, que a sequestra na história. Sabina era uma menina que vivia na Grécia com seus pais, e, para fazer o papel, Marina teve aulas de dança, do idioma, e da cultura grega, além de passar um mês na Grécia, gravando a telenovela na paradisíaca ilha de Santorini. O sucesso de Marina no papel tornou a menina conhecida em todo o Brasil, e a levou a ser entrevistada no programa Domingão do Faustão. Ela foi contratada como artista exclusiva pela Rede Globo durante a telenovela.

O sucesso de Marina em Belíssima chamou a atenção do novelista Walcyr Carrasco que a convidou para viver a personagem Isabel no elenco da telenovela Sete Pecados, filha de Dante (Reynaldo Gianecchini) e Clarisse (Giovanna Antonelli). A atriz Giovanna Antonelli que é morena, teve que clarear muito os cabelos para viver a mãe da ruiva Marina.

No final de 2007, a atriz participou da primeira edição da competição Dança das Crianças, exibida pelo Domingão do Faustão, porém, Marina foi a primeira eliminada logo na estreia da competição.

2008 — 2010: Teatro e papéis adolescentes

Em 2008, estreou no teatro adulto, convidada pela dupla Charles Möeller e Cláudio Botelho para viver a menina Clara, , em "7 - O Musical". Atuar em um musical foi um grande desafio para ela, que além de representar, ainda cantava e dançava. Os diretores prepararam especialmente para Marina dois novos números nessa montagem. Sua interpretação de Clara se aproximava da que Charles imaginara: “Queria muito uma menina moça com cabelo de fogo, e de talento e beleza proporcionais. Uma menina que fosse selvagem e doce, que tivesse faísca e lágrimas nos olhos… pensei que seria impossível tanta coisa junta, mas eu encontrei tudo em Marina. Ela é a Clara perfeita. É a alma do 7”, disse o diretor Charles Möeller. "Marina é um demônio. Tem tanta vida interior com tão pouca idade e, mesmo com pouca experiência, brilha em cena como uma veterana! É o tipo de “atriz-mirim” que a gente só vê nos Estados Unidos, daquelas que roubam filmes e peças...Marina faz a diferença!" disse o diretor Cláudio Botelho. A temporada "7 - O Musical" marcou também por ter sido o último trabalho da atriz Ida Gomes, avó de Marina no musical, que viria falecer em seguida.

Em 2009, a atriz estreava como apresentadora do programa TV Globinho. Marina, mais tarde, foi convidada pela diretora Denise Saraceni para participar do seriado Tudo Novo de Novo, interpretando a adolescente Bia , e participa do quadro "Super Chefinho", exibido pelo programa matinal "Mais Você".

Em março de 2010, Marina foi entrevistada pela apresentadora Angélica para o programa Estrelas fazendo uma visita cultural muito interessante no Museu Casa de Ruy Barbosa, em Botafogo, no Rio de Janeiro, casa onde morou seu tataravô, Ruy Barbosa. Além de descrever muitas particularidades sobre o local, Marina aproveita para mostrar um pouco de sua habilidade musical, tocando Beethoven no piano de sua tataravó Maria Augusta.

Ela foi convidada pela autora Elizabeth Jhin, de quem já havia feito a novela Começar de Novo para interpretar a adolescente rebelde Vanessa em Escrito nas Estrelas. Vanessa usava dreadlocks nos cabelos, e era estudante de balé. Marina, que nunca tinha feito balé, começou a fazer aulas particulares para se preparar para o papel. Ela gravou todas as cenas de balé sem o uso de dublê. Na produção, realizou pela primeira vez uma cena de beijo, com o ator Bruno Pereira, com quem já havia trabalhado em Começar de Novo. Marina teve a ideia de criar os brincos de zíper usados pela personagem, um acessório que acabaria por virar modismo entre as adolescentes de todo o Brasil.39 A bailarina Vanessa virou uma boneca, em homenagem feita pela atriz e artista plástica, Nica Bonfim, colega dela na trama.40 A atuação de Marina foi muito elogiada pela crítica, inclusive recebendo "Nota 10" por duas vezes da colunista Patrícia Kogut do jornal O Globo.

Em outubro de 2010, a revista Quem preparou uma edição especial para comemorar o aniversário de 10 anos da revista. Foram convidadas 10 jovens atrizes para a capa, produzidas e fotografadas por Fernando Torquatto usando o sugestivo título, autoexplicativo: "As Estrelas da Próxima Década". Marina, com apenas 15 anos de idade na época, foi a atriz mais jovem das 10 escolhidas.

2011 — Atualidade==.

Marina foi convidada pelo autor Walcyr Carrasco para integrar em 2011 o elenco da novela Morde e Assopra, interpretando Alice, jovem vilã, uma das protagonistas da trama. 46 47 Alice é uma garota rica de 18 anos, fútil e preconceituosa, que só usa roupas caras, filha do prefeito Isaías (Ary Fontoura) e de Minerva (Elizabeth Savalla), que se apaixona pelo vigarista Guilherme com o namorado (Klebber Toledo). Alice lançou os bordões "você é um vira-lata" e "eu tenho pedigree" que caíram no gosto do público. Durante a exibição da telenovela, a beleza dos cabelos ruivos da atriz chamou a atenção do público, que foram os mais comentados na CAT (Central de Atendimendo ao Telespectador da Rede Globo).

Sua interpretação foi destacada pela jornalista Carla Bittencourt em matéria para o jornal carioca Extra. Chamando-a de "uma das melhores atrizes de sua geração", Bittencourt destacou a carga dramática que a atriz foi capaz de imprimir em cena59 . O colunista de televisão Flávio Ricco, do portal UOL, publicou que Marina "roubou a cena": "...o autor abriu espaço para Marina Ruy Barbosa, a Alice. E o que se viu foi um show dessa jovem atriz".

A jornalista Mariana Trigo em crítica da novela para o portal Terra disse: "Nessas tomadas, o embate se intensifica ainda mais quando entra em cena a segura Marina Ruy Barbosa, como a arrogante vilãzinha Alice. Com uma interpretação madura, a atriz se destaca de forma cada vez mais convincente e mostra que já está pronta para enfrentar papéis mais fortes na tevê." O jornalista Bruno Segadilha em matéria publicada na revista Época, escreveu que "A ruiva sardenta Marina Ruy Barbosa é o grande destaque de Morde e Assopra".

Marina se destaca também pelo seu estilo de se vestir, usando sempre produções atualizadas com as tendências, e nos eventos costuma estar sempre entre as mulheres mais elogiadas pelas especialistas em moda. Ela tornou-se uma referência (it girl) para as jovens que querem seguir seu estilo.

Marina passou a ser disputada para posar em campanhas publicitárias e editoriais de moda.

A atriz é convidada para integrar em 2012 o elenco da novela Amor Eterno Amor, da autora Elizabeth Jhin, interpretando a personagem Juliana Petrini, uma estagiária de jornalismo. 74 Com apenas 16 anos, Marina é a atriz mais jovem a estampar a capa da revista Nova. 75 76

Em setembro de 2012, com apenas 17 anos, Marina é eleita uma das 25 mulheres mais sexy do Brasil. 77

Em 2013 foi escalada para a telenovela Amor à Vida de Walcyr Carrasco, interpretando Nicole.

Fonte: WP

view all

Marina Ruy Barbosa's Timeline

1995
June 30, 1995
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil