Miguel Corte-Real (c.1450 - c.1511)

public profile

8

Matches

0 0 8
Adds more complete birth date, birth place, middle name and sibling(s).

View Miguel Corte-Real's complete profile:

  • See if you are related to Miguel Corte-Real
  • Request to view Miguel Corte-Real's family tree

Share

Related Projects

Birthdate:
Death: Died in Fall River, MA, United States
Cause of death: Última data registada da sua existênica (fonte: Dr. Manuel Luciano da Silva, in Wikipédia)
Managed by: Rodrigo Corte-Real Oliveira
Last Updated:

About Miguel Corte-Real

http://www.biographi.ca/009004-119.01-e.php?&id_nbr=139

http://en.wikipedia.org/wiki/Miguel_Corte-Real

escrito pelo poeta italiano Cataldo Sículo, que residia temporariamente em Lisboa e foi publicado na colectânea POEMATA, em 1502:

Foge-me o talento e a eloquência, apodera-se de mim o terror, quando tento dizer os feitos de tão grande capitão".

"É aquele que tem o nome do príncipe celeste  dos cavaleiros e a quem os antepassados legaram o apelido de Corte Real." 

"Tudo quanto faz é digno de triunfos, digno de ser posto em tábua de cedro."

"Avô e bisavô o tornaram nobre pelo sangue. E ele os adorava em todas as virtudes."

"Ele tudo realiza, segundo o pensamento de quem lho ordena (o Rei)."

"Cavaleiro ilustre, ora actua como soldado, ora veste armas ligeiras. Em qualquer caso, a sua presença significa victória."

"É amável com pessoas amáveis, brando com brandos amigos, mas com os arrogantes torna-se bastante ríspido."

"Não aprendeu as belas letras [nota: latim] na infância, mas ensinado pelo seu talento tudo sabe."

"De aspecto, é sereno e belo, e mais belo é o seu íntimo. Da sua boca eloquente jorra uma graça variada".

"Gosta de dar muito, com mão larga, a quem o merece e piedosamente se esforça por não prejudicar a quem o não merece".

Talvez queiras saber qual é o ofício deste Senhor?

"O Rei confia-lhe todos os encargos. Principalmente como porteiro-mor do palácio sobre as muralhas, é ele quem, no meio do silêncio geral, manda trazer os alimentos."

"A este homem tão leal confia D. Manuel com razão os seus segredos, tão grande é a virtude que nele reside, tão grande a honra."

"Passou às costas africanas em navios. Era o comandante. Preparava-se para aí conquistar uma fortaleza, pondo-lhe cerco".

"Fosse inveja, fosse o fado iníquo, a multidão dos companheiros entrega-se a vergonhosa fuga, sob a pressão do inimigo".

"Ele com uma pequena força , faz frente aos africanos que se precipitam ao ataque e retira coberto de sangue, depois de grande morticínio."

-------------------------------------------------------------------------------------------------

http://en.wikipedia.org/wiki/Miguel_Corte-Real

Miguel Corte-Real (Portuguese pronunciation: [miˈɡɛɫ ˈkoɾtɨ ʁiˈaɫ]; c. 1448 – 1502?) was a Portuguese explorer who charted about 600 miles of the coast of Labrador. In 1501, he disappeared while on an expedition and was believed to be lost at sea.


Life


Miguel Corte-Real was a son of João Vaz Corte-Real and a brother of explorer Gaspar Corte-Real. Gaspar explored Greenland in 1499. He stayed there for several months with his team before icebergs forced them to return to Portugal.


In 1500, Gaspar set out again with Miguel. The Corte-Real brothers kidnapped and enslaved 57 First Nations people and charted about 600 km of coastline of what is now Labrador. Gaspar sent Miguel with two ships back to Portugal. Following this, Gaspar was never heard from again.


In May 1502, Miguel set out on an expedition to search for his brother, but he, too, disappeared, although two of the three ships returned to Portugal after they were separated. He is thought to have perished in a storm. The sole surviving brother, Vasco Anes Corte-Real, wanted to sail in search of his brothers, but the King of Portugal would not fund such an expedition.


In 1912 Edmund B. Delabarre claimed that markings on the Dighton Rock in Massachusetts suggest that Miguel Corte-Real reached New England. However, Samuel Eliot Morrison dismissed this evidence in his book The European Discovery of America: The Northern Voyages (1971).

view all

Miguel Corte-Real's Timeline