Nereu Ramos, 20º Presidente do Brasil

Is your surname de Oliveira Ramos?

Research the de Oliveira Ramos family

Nereu Ramos, 20º Presidente do Brasil's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Nereu de Oliveira Ramos, 20º Presidente do Brasil

Birthdate:
Birthplace: Lages, Santa Catarina, Brazil
Death: Died in Curitiba, Paraná, Brazil
Cause of death: Plane accident
Place of Burial: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Immediate Family:

Son of Vidal Ramos, Governador de Santa Catarina and Teresa Fiúza de Carvalho
Husband of Beatriz Paranhos Pederneiras
Father of <private> Pederneira Ramos; <private> Ramos; Murilo Pederneiras Ramos and <private> Pederneiras Ramos
Brother of Raquel Ramos da Silva; Hugo de Oliveira Ramos; Acácio de Oliveira Ramos; Maria Júlia Ramos Wendhausen; Jonas de Oliveira Ramos and 8 others

Managed by: Private User
Last Updated:
view all 20

Immediate Family

About Nereu Ramos, 20º Presidente do Brasil

Nereu de Oliveira Ramos (Lages, 3 de setembro de 1888 — São José dos Pinhais, 16 de junho de 1958).

Foi presidente da República durante dois meses e 21 dias, de 11 de novembro de 1955 a 31 de janeiro de 1956. Foi vice-presidente do Brasil, eleito pelo Congresso Nacional, de 1946 a 1951. Foi o único catarinense que presidiu o Brasil.

Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de São Paulo, turma de 1908. Advogado profissional de elevada conceituação, porém cedo entrou para a política e nela, através de uma crise política, chegou à Presidência da República.

Sempre esteve ligado ao grupo revolucionário objetivador das mudanças políticas de caráter democrático e nacionalista. Participou na Caravana Democrática ao Nordeste Brasileiro em 1929 e desfrutou destaque nacional no grupo preparador da Revolução de 1930 (Aliança Liberal) e com ele chegou à Constituinte de 1934.

Governador do Estado de Santa Catarina e em seguida Interventor Federal, do seguinte modo, recebeu a Interventoria do Estado de Santa Catarina das mãos do Interventor Aristiliano Laureano Ramos a 1o de maio de 1935 e nela ficou como Governador eleito até 26 de novembro de 1937.

Com a implantação do Estado Novo, em 27 de novembro de 1937, foi nomeado Interventor Federal e ficou na Interventoria até 6 de novembro de 1945.

Em setembro de 1946, foi eleito Vice-Presidente da República, o Presidente foi o General Eurico Gaspar Dutra.

Em 1950, foi Deputado Federal e Presidente da Câmara Federal por várias legislaturas, foi naquele período cognominado pelo Deputado Federal Aliomar Baleeiro 'defensor do Parlamento democrático'.

Voltou ao Senado e foi eleito o seu Vice-Presidente.

Com a crise política desencadeada na Presidência Café Filho, foi chamado a ocupar a Presidência da República, depois foi nomeado Ministro da Justiça, sem deixar a liderança que exercia no grupo do Partido Social Democrático, do qual foi um dos fundadores em Santa Catarina.

Nereu Ramos foi orador qualificado entre os melhores do País, fez jornalismo político e valorizava a imprensa como veículo necesário ao regime democrático.

Pertenceu ao Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, na qualidade de sócio efetivo e também à Academia Catarinense de Letras, como fundador da Cadeira n. 22.

Era apologista e estimulador das atividades intelectuais, entre as várias manifestações de aplausos e estímulos, as seguintes servem como exemplo: interesse na pesquisa histórica, com a participação de Santa Catarina; a delegação ao historiador Carlos da Costa Pereira para identificação do lugar de nascimento de Frei Fernando Trejo y Sanábria; a construção do mausoléu do poeta Cruz e Souza, no Cemitério de São Francisco Xavier, Rio de Janeiro, em agosto de 1943, onde compareceu na solenidade comovente concretizando a acolhida oficial das cinzas do poeta; a realização do IX Congresso brasileiro de Geografia, em Florianópolis, de 7 a 16 de setembro de 1940; a celebração do Centenário de Machado de Assis e outras.

Cumpriu várias missóes, sendo que em 1912 foi secretário da Conferência de Direito Marítimo e Cambial realizada em Haia e Bruxelas; em 1946, chefiou a Delegação Brasileira à posse do Presidente do Chile.

Como Governador e Interventor Federal considerou a reforma do ensino em regime de prioridade e realizou a segunda reforma do ensino público em Santa Catarina, sendo o criador da 'Escola Brasileira'; no setor da saúde pública, instalou diversos centros de saúde nos municípios, construiu o edifício do Departamento de Saúde Pública, e organizou, com assessoria especial, as soluções dos problemas dos doentes mentais e dos hansenianos; garantiu que a rede estadual de estradas de rodagem atendesse o esforço de guerra.

Com referência ao ensino superior, Nereu Ramos foi um dos colaboradores da fundação da Faculdade de Direito de Santa Catarina, e também quem nomeou para ela o primeiro diretor, o bacharel João Bayer Filho; assim foi o paraninfo da primeira colação de grau dos bacharéis formados por aquela Faculdade.

Participou ativamente e com medidas legais na Campanha de Nacionalização desenvolvidas áreas de colonização onde o comportamento dos grupos humanos requereu, sob supervisão do Exército Brasileiro.

Passou o governo do estado de Santa Catarina ao Dr. Luiz Gallotti nomeado Interventor Federal a 6 de novembro de 1945.

Faleceu em 16 de junho de 1958, em desastre aéreo. O avião, um Convair CV-440 de matrícula PP-CEP da Cruzeiro do Sul, procedente de Florianópolis, acidentou-se durante o pouso em São José dos Pinhais, vitimando 18 dos 24 ocupantes. Também faleceram no acidente os políticos catarinenses Jorge Lacerda, Governador de Santa Catarina na ocasião, e Leoberto Leal, então Deputado Federal por Santa Catarina.


Foi sepultado no Rio de Janeiro. Seus restos mortais foram depois transladados para Lages, sua cidade natal, sendo resguardados no Memorial Nereu Ramos, juntamente com um acervo de documentos e fotografias, e também partes do avião acidentado.

Atividades Maçônicas

É relacionado como membro da Maçonaria Brasileira pela obra O QUE É MAÇONARIA, de A.Tenório Cavalcante Albuquerque, 7a Ed., Editora Aurora, Rio de Janeiro, p.236.

Fontes: (http://pt.wikipedia.org/wiki/Nereu_Ramos)

História de Santa Catarina, Antonio Pichetti, Editora Grafipar, 1970.

Para a genealogia: http://www.fuj.com.br/files/ZrX0PmFzWOMDFiJ.rtf

view all

Nereu Ramos, 20º Presidente do Brasil's Timeline

1888
September 3, 1888
Lages, Santa Catarina, Brazil
1919
June 27, 1919
Age 30
Florianópolis, Santa Catarina, Brazil
1958
June 16, 1958
Age 69

Momento do embarque na aeronave "Convair" que caiu em 1958, perto da Colônia Muricy, em São José dos Pinhais. Foi o maior acidente aéreo da história do Paraná, com 18 mortos, entre os 24 ocupantes.
Morreram no acidente o então senador e ministro da Justiça, Nereu Ramos, o governador de Santa Catarina, Jorge Lacerda, e o deputado federal Leoberto Leal. Entre os mortos estavam ainda os cinco tripulantes, e o padre Osvaldo Gomes, um dos fundadores do Colégio Nossa Senhora Medianeira. O avião tinha saído de Porto Alegre, com escala em Florianópolis.

June 16, 1958
Age 69
Curitiba, Paraná, Brazil
????
????
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil