Pedro Lourenço de Távora, 1º senhor de Mogadouro

public profile

Is your surname Lourenço de Távora?

Research the Lourenço de Távora family

Pedro Lourenço de Távora, 1º senhor de Mogadouro's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Pedro Lourenço de Távora, 1º senhor de Mogadouro

Nicknames: "Pero Lourenço de Távora"
Birthdate:
Birthplace: Portugal
Death: (Date and location unknown)
Immediate Family:

Son of Lourenço Pires de Távora, 8º senhor de Tavora and Alda Gonçalves de Morais
Husband of Brites Anes de Albergaria
Father of Violante Lopes de Távora; Álvaro Pires de Távora, 2º senhor de Mogadouro; Martim de Távora; Lourenço Pires de Távora; Teresa de Távora and 1 other
Brother of Aldonça Gonçalves de Morais; Rui Lourenço de Távora, frade franciscano; Estevão Mendes de Távora, senhor de Vimioso; Martim Lourenço de Távora and Fernão Lourenço de Távora

Occupation: Reposteiro-mór de D. João I
Managed by: Private User
Last Updated:

About Pedro Lourenço de Távora, 1º senhor de Mogadouro

Foi Reposteiro Mor do Rei D. João l, Sr. de Mogadouro e das mais terras desta Caza. Cazou corn D. Brites Annes de Albergaria Aya de El Rey D. Aff.º 5º f.ª de Joao Esteves de Azambuja e sua m.er D. Violante Lopes de Alvergaria no tt." de Azambujas $ 1 N 5 (NFP, 1941, Tomo XXVII, ttº TAVORAS, $1 N12).

8º donatário de Mirandela, 13(?)-14(?) (Ilda Amália Fernandes Branco, Tese de Doutoramento, Univ. Portucalense, 2009, p. 223).

1377 - D. Fernando doou o senhorio da vila a Rui e Pedro Lourenço de Távora, por serviços prestados à Coroa por seu pai, Lourenço da Távora; da linha directa de D. Rausendo, a partir de D. Pedro Ramires, procedeu a Casa dos Távoras, senhores da vila e primeiros condes da Pesqueira, evidenciado em solares e palacetes pertencentes aos mesmos na vila e na região; 1433 - D. João I concedeu carta ao Concelho para que houvesse feira com privilégios, tal como acontecera em tempo de D. Dinis; 1611 - D. Luis Alvares de Távora, 9º senhor da casa de Távora foi o 1º conde da Pesqueira, recebendo de Filipe III o senhorio, ou doação perpétua de juro e herdade para si e descendentes, das vilas da Pesqueira e Ranhados, com todos seus termos; Séc. 17 / 18 - O vinho do Porto contribuiu para a criação de riqueza e de nobreza, sendo a época de maior prosperidade da vila, em que se ergueram muitas residências nobres e quintas de carácter senhorial; Séc. 18 - o Solar dos Távoras foi doado pelos marqueses à Misericórdia; 1759 - após o processo judicial decorrente da tentativa de regicídio, a linhagem dos Távoras foi perseguida e extinta, apagando-se os símbolos heráldicos da família; 1794 - D. Maria manda construir a Casa da Câmara, Cárcere, Torre do Relógio e Arcada, para os feirantes exporem as suas mercadorias, no tempo do 7º Juiz de Fora José Xavier de Cerveira, como atesta inscrição no antigo edifício dos Paços do Concelho; o sino da torre servia para chamar os vereadores às reuniões, anunciar as rondas e dar sinal de recolher; Séc 19 - eram ainda patentes as ruínas de alguns lanços fortaleza medieval; 1988 a 1993 - o edifício dos Paços do Concelho serviu como quartel da GNR; 2006, 01 Junho - despacho de abertura do processo de classificação.

in, http://www.geocaching.com/geocache/GC2V6KA_praca-da-republica-sao-joao-da-pesqueira?guid=1d0904a3-74b0-4de3-8f14-6ddb3b9bd47d