Piqueroby Cacique dos Hururahy

Is your surname Cacique dos Hururahy?

Research the Cacique dos Hururahy family

Piqueroby Cacique dos Hururahy's Geni Profile

Records for Piqueroby Cacique dos Hururahy

9 Records

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Piqueroby Cacique dos Hururahy

Also Known As: "Cacique Piqueroby"
Birthdate:
Birthplace: São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brazil
Death: Died in Brazil
Place of Burial: Brazil
Immediate Family:

Son of Amyipagûana Guayaná and NN
Husband of Índia Tapuia de São Vicente
Father of F Fernandes, a Índia; Antonia Ussú Rodrigues, índia batizada por Anchieta and Maria Rodrigues
Brother of Martim Afonso Tibiriçá, Cacique Guaianá; Ararai Ururay-pe; Tapiro and Caiuby Ururay-pe

Occupation: Morubixaba (native chief warrior)
Managed by: Private User
Last Updated:

About Piqueroby Cacique dos Hururahy

Indígena brasileiro. morubixaba guaianá, seria irmão de Tibiriçá e Caiubi. Vivia no Vale de Ururaí. Pai da mulher de Antônio Rodrigues, batizada pelos jesuítas com o nome de Antônia Rodrigues, e de Jagoanharo, o "Onça Feroz", um dos chefes dos índios guaianás do Vale do Paraíba que atacaram a Vila de São Paulo em 1562, quando este foi morto pelo tio Tibiriçá ao tentar forçar a porta da igreja em que se encontravam mulheres refugiadas. 

--------------------

Piquerobi era chefe de grande taba localizada em terras que hoje formam o município de São MIguel Paulista. Conforme os costumes da época, os morubixabas tinham muitos filhos .'Pikeroby (¨Peixinho Verde¨¨em dialeto tupinikin), morava na na região serrana de Ururaí, mais ao norte da futura cidade de São Paulo. Consta que antes residiu na Vila de São Vicente, no litoral paulista. Insurgiu-se contra a presença dos portugueses no planalto de Piratininga, encabeçando uma coligação de tribos guaianases, carijós, guarulhos e tupiniquins que atacou o então nascente vilarejo de São Paulo. Piqueroby teve uma vida de contragostos, s despeito de ter sido o morubixaba que acolheu João Ramalho, o primeiro europeu que, ao que se tem notícia, teria se sakvadi de bazfragio na orla marítima do sudeste brasileiro. A história do morubixaba revoltoso foi um tanto escondida por ser se oposto à colonizaçãp portuguesa. Foi pelos rios Mambú e Córrego Fundo que o morubixaba guaianá Piqueroby subiu no dia 8 de junho de 1562 com seus aliados para atacar a Aldeia de Pinheiros, próximo a São Paulo de Piratininga, onde numerosos indígenas, a maioria tupiniquins, haviam sido aldeados pelos jesuitas, iniciannfo-se um processo de cristianização e acullturação à hegemonia lusitana que já se refletia na quebra da autoridade dos morubixabas tradicionais e na subordinação dos guerreiros naativos aos comandantes portugueses, o que teria subsequentemente trágicas consequências para as nações autóctones durante o ciclo do escravismo bandeirista..

-------------------- Nasceu por volta de 1480, provavelmente no planalto de Piratininga, em São Paulo.



Piqueroby era cacique da tribo dos Guaianás ou tupis.

Sua tribo vivia no vale de Ururaí, onde hoje está situado o distrito de São Miguel Paulista, na cidade de São Paulo.

Era irmão do Cacique Tibiriçá, que vivia na região de Piratininga, e do Cacique Caiuby, da região de Geribatiba, que muito colaboraram com os jesuítas.

Piqueroby, ao contrário de seus dois irmãos, destacou-se no início da colonização como ferrenho inimigo dos portugueses.

Em 1534, Piqueroby uniu-se ao seu genro, Mestre Cosme Fernandes, além de alguns portugueses e espanhóis, e atacaram a vila de São Vicente, "como desagravo por terem perdido tudo o que haviam construído durante vinte anos". Os poucos soldados que Martim Affonso de Sousa deixara para proteger a vila, não foram suficientes para resistir ao ataque. São Vicente foi saqueada e quase destruída.

O antigo acordo de Martim Affonso de Sousa com os tupis, de que os portugueses não subiriam para o planalto, facilitou o estabelecimento pacífico das povoações de São Vicente, Santos e Itanhaém. Mas em 1554, os portugueses romperam o acordo, subiram a Serra do Mar, e fundaram a vila de São Paulo.

Em 1560, o padre Anchieta escreveu uma carta para seu superior, o padre Manoel da Nóbrega, informando que havia se encontrado com Piqueroby nas terras de Ururaí.

Em 10 de Julho de 1562, Piqueroby reagiu contra a presença dos portugueses, e enviou seu filho para atacar a vila. Reuniu um grande contingente de índios de diversas tribos da região (guaianás, tamoios, carijós, tupinambás e tupiniquins), subiu com eles a serra e invadiu a aldeia de Pinheiros, para expulsar os portugueses. Um número assustador de índios, pintados e enfeitados para a guerra, gritando a plenos pulmões, atacou logo no início da manhã.

Neste dia e nos dias que se seguiram, a vila de São Paulo foi quase destruída. Segundo o relato do padre Anchieta, "a principal misericórdia de Deus conosco foi mover o coração de muitos índios, [levando-os] a nos ajudar a tomar armas contra os seus [próprios companheiros]. O cacique Tibiriçá, irmão de Piqueroby, foi um dos que se levantaram para proteger os jesuítas, com o apoio dos índios já cristianizados.

Após cinco dias de luta, os atacantes finalmente foram vencidos, e se retiraram.

Nos meses seguintes, o outro genro de Piqueroby, o português Antonio Rodrigues, que vivia na aldeia com os índios, por fim conseguiu convencer o Cacique a viver em paz com os portugueses.


Piqueroby faleceu em 1562. Acredita-se que esteja sepultado junto à antiga capela de São Miguel (em São Miguel Paulista). Há um projeto de pesquisa arqueológica para procurar sua sepultura nos arredores da capela.



Há uma cidade no estado de São Paulo denominada Piquerobi, em sua homenagem. Situa-se no Pontal do Parapanema, perto de Presidente Venceslau.


Foi pai de pelo menos um filho e duas filhas:

1.1. Jagoanhoaro, o "Cão Bravo". Segundo alguns, Jagoanhoaro seria filho de Araraí, irmão mais novo de Piqueroby. Jagoanhoaro faleceu em Julho de 1562, durante o ataque à vila de São Paulo.



No dia 10 de Julho de 1562, quando os índios em grande número atacaram a vila de São Paulo, Jagoanhoaro foi um de seus principais líderes.

Foi morto quando tentava forçar a porta da igreja, onde estavam refugiadas as mulheres e as crianças da vila.

view all

Piqueroby Cacique dos Hururahy's Timeline

1440
1440
São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brazil
1505
1505
Age 65
São Paulo, São Paulo, State of São Paulo, Brazil
1554
1554
Age 114
Brazil
????
????
????
Brazil
????
Brazil