Rodrigo Lobo da Silveira, 1º conde de Sarzedas (c.1600 - 1656)

public profile

3

Matches

0 0 3
Adds more complete birth date and middle name.

View Rodrigo Lobo da Silveira, 1º conde de Sarzedas's complete profile:

  • See if you are related to Rodrigo Lobo da Silveira, 1º conde de Sarzedas
  • Request to view Rodrigo Lobo da Silveira, 1º conde de Sarzedas' family tree

Share

Birthdate:
Death: Died in Goa, India
Managed by: I. Vásquez
Last Updated:

About Rodrigo Lobo da Silveira, 1º conde de Sarzedas

Rodrigo Lobo da Silveira, primeiro conde de Sarzedas, nascido nos últimos anos do século XVI, morreu em Goa em 3 de janeiro de 1656.

Era seu pai D. Luís Lobo da Silveira, 5º senhor de Sarzedas e Fermosa ou seja dos direitos reais de Sobreira Formosa, comendador de Santa Olalha, etc e de sua mulher D. Joana de Lima.

Era seu avô Rodrigo Lobo, senhor de Sarzedas e Pensões, casado com Maria de Noronha da Silveira, senhora de Sarzedas e Fermosa. Haviam sido pais de Fernão e Diogo, mortos na India: Margarida, casada com Gil Anes da Costa; Luísa, casada com António de Moura Teles, senhor de Póvoas; Antónia, casada com Francisco de Sousa Mancias e de Luís Lobo da Silveira.

Foi conselheiro de Estado, governador de Tânger, tomou parte na expedição à Bahia em 1625 sob as ordens diretas do general D. Manuel de Meneses, e as de D. Fadrique Osório capitão geral da denominada "Jornada dos Vassalos" ; para a reconquistar aos holandeses. O título de conde de Sarzedas lhe foi concedido por Filipe III de Portugal por carta de 31 de outubro de 1630.

Presidiu o Senado de Lisboa, depois da aclamação de D. João IV de Portugal, e pertenceu ao conselho de Guerra até 1644 quando foi nomeado capitão de Ceilão e transferido para Vice-Rei da Índia (28º deles) em 3 de março de 1655.

D. Brás de Castro governava então ilegalmente o Estado da Índia, pois se apossara do poder por meios violentos expulsando o conde de Óbidos. O Vice-Rei o aprisionou, com seus sequazes, retendo-os na Fortaleza da Aguada e depois os enviou para serem julgados no reino. Fez o que estava a seu alcance para defender as possessões portuguesas dos holandeses, mas morreu em pouco tempo, não sem que se tivessem levantado suspeitas de envenenamento.

(http://pt.wikipedia.org/wiki/Rodrigo_Lobo_da_Silveira,_1.%C2%BA_Conde_de_Sarzedas)