Start My Family Tree Welcome to Geni, home of the world's largest family tree.
There are already 4 users and 1,654 genealogy profiles with the Borges surname on Geni. Explore Borges genealogy and family history in the World's Largest Family Tree.

Borges Genealogy and Borges Family History Information

‹ Back to Surnames Index

Share

view all 1,654

Profiles

About the Borges surname

A famillia dos Borges he m.to antiga e se data o seu principio quazi do principio do Reyno, por q Rodrigo Annes seu tronco hum Fidalgo de Santarem q por dellitos se auzentou e foi p.a Flandres allistar-se nas tropas de Felipe 2.o o Augusto Rey de Franca q era comtemporaneo de EIRey D. Sancho 1.o de Portugal, e viveo portanto na era de 1200 e se achou na Provincia de Vergonha na tomada de Burgues em q fez asinalados serv.os pello q Ihe chamarão o Burguez, e dipois por corrupçao Borges e passando a Mellitar a Castella por seus servissos lhe deu EIRey D. Sancho 3.o as Armas de q uzão seus descendentes e obtendo perdao de seus crimes passou a Portugal a viver a Santarem sua Patria.

Todos os Borges deste Reyno uzão, e sempre uzarao das m.mas Armas, sinal q todos reconhecem o m.mo Tronco, nem na Nobliarcbia Portugueza, ou nos q tratao das Armas, se asignao outras a difrentes Borges portanto hé fora de duvida q todos se dizem da m.ma Famillia. Quando entrei a por em ordem este tt.o querendo ver outros p.a escrever com acerto, e recolher neste as linhas q nelle nao tinha, encontrei alguns titullos desta Famillia q a principiavao em Chellim de Borja q se dizia sobrinho do Papa Calisto 3 e outros do Papa Alexandre 6 q veio a este Reyno no tempo do Rey D. Joao 1.o e q nelle cazou com D. Urraca Lourenço f.a de Pedro Lourenço Mata Mouros e nelle se davao por seus descendentes m.tos daquelles q eu tinha com m.tos Genealogicos de bom credito, como descendentes de Rodrigo Annes q sendo assim erao difrentes Borges o q nunca supoz haver sendo hua comfuzao imensa de linhas de hum com as de outro. Comecei a preguntar a todos os intiligentes, e os mais instruidos e me diserao nao conheciao por Tronco tal Chellim de Borja, mas só Rodrigo Annes e com rezao por q se este fosse o Tronco de q estes por corrupqgo de Borja querião tirar o Appellido de Borjes ficavão os mais sem Tronco, por nao serem seus descendentes, allem de q se elle fosse pay dos q se lhe davão não se devião de apellidar Borges, mas Borjas appellido por onde erão Pr.os do Duque de Gandia, e do Principe de Esquilache, q inda q por sua may fossem da familla de Borges, como nao erão, havião de preferir o de Borja, da sua varonia, e por onde tinhão alliança com mais Ill.es Famillias do q de Borges e segundo os m.mos se via q por todos erao tidos por descendentes de Rodrigo Annes os q se deziao de Chellim de Borja quem se capacitará do contrario, e não haver Docom.tos q o provem e me tire da duvida. Em vista do Tronco q damos aos Borges, se poem em ordem todas as linhas e em harmonia huas com outras não tendo luzes p.a saber a rezao por q se chamou p.a tronco desses Borges, q quizerao dizer filhos de Chelim de Borja hum estrangeiro, por onde nao erão Borges nem por sua m.er D. Urraca Lourenço q.do esses m.mos haviao de uzar das Armas de Borges como descendentes de Rodrio Annes o primeiro q Ihe damos desta Familia. Este o nosso sentim.to e q seguimos, athe outro mais bem instruido nos emende, por so querermos a verdade, parecendo nos não há difrentes Borges, nem difrentes Troncos, mas só hum de q se deduzem todas as linhas. Quinta do Paço ent Vitorinho dos Peaens 19 de 8.o de 1831. in: Manuel Joze da Costa Felg.ra Gayo, NFP, 1941, Título Borges.