André Bastos de Oliveira

Is your surname de Oliveira?

Research the de Oliveira family

André Bastos de Oliveira's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

André Bastos de Oliveira

Birthdate:
Birthplace: Jucás, State of Ceará, Brazil
Death: July 06, 1862 (58)
Saboeiro, State of Ceará, Brazil (Hidropisia)
Immediate Family:

Son of Joaquim Bastos de Oliveira Bastos and Vitória Fernandes Vieira
Husband of Joanna Fernandes Vieira
Father of Francisco Paurilo Fernandes Bastos; Anna Angelina Fernandes Bastos, baronesa de Aquiraz and Gonçalo dos Lagos Fernandes Bastos
Brother of José de Oliveira Bastos; Padre Francisco Bastos de Oliveira; João Bastos de Oliveira; Ignácio Bastos Bastos de Oliveira and Joan de Oliveira

Occupation: Juiz, Chefe de Polícia, Desembargador, Deputado e Secretário do Governador
Managed by: Private User
Last Updated:

About André Bastos de Oliveira

Natural da então vila de São Mateus (atual Jucás), Ceará, era filho do capitão Joaquim de Oliveira Bastos e de Vitória Fernandes Vieira, irmã do Visconde de Icó. Formado em Ciências Jurídicas e Sociais em 1834, dedicou-se à magistratura das relações de Pernambuco e do Maranhão.

Foi cinco vezes deputado geral pelo Ceará (nas legislaturas de 1838-1841, 1843-1844, 1850-1852, 1853-1856 e de 1857-1858) e comendador da Imperial Ordem da Rosa. Foi ele o nomeado para 1.° chefe de polícia do Ceará (dec. de 15 de setembro de 1842), visto não ter assumido o cargo o b.el João Antônio de Vasconcelos. Como era então juiz de direito de Crato, o governo deu-lhe substituto na pessoa do b.el Cruz Seco.

Casou-se com sua prima-irmã, Joana Fernandes Vieira, filha do Visconde de Icó, com quem sabe-se que teve três filhos:

Francisco Paurilo Fernandes Bastos (1838 - 1883), bacharel em Direito e jornalista; Gonçalo de Lagos Fernandes Bastos (1842 - 1896), bacharel em Direito, jornalista e político; Ana Angélica Fernandes Bastos, casada primeiramente com seu primo Miguel Fernandes Vieira e depois com Gonçalo Batista Vieira, através de quem veio a ser Baronesa de Aquiraz[1].

André Bastos de Oliveira (Des.or) — Nasceu na freguezia de S. Matheus a 14 de Fevereiro de 1808 e falleceu em Saboeiro a 7 de Julho de 1862.

Era filho do capitão Joaquim de Oliveira Bastos, fallecido em Saboeiro a 3 de Abril de de 1862 com 83 annos de edade, e de D.ª Vidoria Fernandes Vieira, irmã do Visconde do Icó.

Formado em sciencias jurídicas e sociaes em 1834, dedicou-se á magistratura chegando a ser desembargador das Relações de Pernambuco e Maranhão.

Foi cinco vezes deputado geral pelo Ceará e Commendador da Ordem da Rosa.

Foi elle o nomeado para 1.º Chefe de Policia do Ceará (Dec. de 15 de Setembro de 1842), visto não ter assumido o cargo o B.el João Antonio de Vasconcellos. Como era então juiz de direito do Crato, o governo deu-lhe substituto na pessoa do B.el Cruz Secco.

Escreveu:

— Manifesto que os deputados eleitos pela provincia do Ceará fazem aos seus committentes por occasião da injusta decisão que os expelliu da Representação Nacional. Rio de Janeiro, 1845, 173 pp. in 12º.

O manifesto é assignado também por Antonio José Machado, Francisco de Souza Martins, Jeronymo Martiniano Figueira de Mello, José Pereira da Graça Junior, Manoel Fernandes Vieira e Raymundo Ferreira de Araújo Lima.

view all

André Bastos de Oliveira's Timeline

1804
February 14, 1804
Jucás, State of Ceará, Brazil
1838
December 19, 1838
Saboeiro, State of Ceará, Brazil
1840
September 1, 1840
Saboeiro, State of Ceará, Brazil
1842
November 16, 1842
1862
July 6, 1862
Age 58
Saboeiro, State of Ceará, Brazil