Is your surname de Magalhães Pinto?

Research the de Magalhães Pinto family

Magalhães Pinto's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

José de Magalhães Pinto

Birthdate:
Birthplace: Santo Antônio do Monte, Minas Gerais, Brazil
Death: Died in Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Immediate Family:

Son of José Caetano de Magalhães Pinto and Maria de Araújo
Husband of Berenice Duque Viriato Catão
Father of <private> Catão de Magalhães Pinto; <private> Catão de Magalhães Pinto; <private> Catão de Magalhães Pinto and <private> Catão de Magalhães Pinto
Brother of Mariana Magalhães Pinto; Alice Magalhães Pinto; Clélia de Magalhães Pinto; Maria Ineiz Magalhães Pinto; Waldomiro de Magalhães Pinto and 1 other

Managed by: Carla Assenheimer (C)
Last Updated:
view all 13

Immediate Family

About Magalhães Pinto

Foi um político brasileiro.

Biografia


Sua vida profissional se iniciou quando tinha dezesseis anos. Seu primeiro emprego foi no Banco Hipotecário e Agrícola de Minas Gerais. Com 17 anos já era gerente da agência.


Foi presidente da Associação Comercial de Minas Gerais presidindo a Federação de Comércio daquele estado. Em 1943 foi diretor do Banco da Lavoura. Assinou o "manifesto dos mineiros" sendo afastado por imposição do governo federal.


Em 1944 fundou o Banco Nacional de Minas Gerais. Conservador, foi fundador também da União Democrática Nacional (UDN). Foi deputado à Assembléia Constituinte de 1946, renunciou ao mandato para ocupar o cargo de secretário de Finanças de Minas Gerais no governo Milton Campos.


Governou o estado de 1961 a 1966, quando criou o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais. Nesta época, financiou o Ipes e foi um dos principais artífices do golpe militar de 1964.


Em 7 de outubro de 1963, durante o seu governo, ocorreu o trágico Massacre de Ipatinga.


Após o Golpe de 1964, sua fortuna se multiplicou e incorporou mais seis bancos em 1972. Criando em seguida o Banco Nacional S/A, com sede em Belo Horizonte.


No governo Costa e Silva, foi ministro das Relações Exteriores, articulador de empréstimos internacionais para o financiamento de obras de infra-estrutura para o desenvolvimento do Brasil, cuja política ficou conhecida como "Diplomacia da Prosperidade". Em alguns pontos semelhantes à Política Externa Independente (PEI), dos governos Jânio Quadros e João Goulart, divergindo quanto à reformas sociais. Ciente de que a détente entre os EUA e a URSS modificava as regras da política global, em especial com o agravamento do antagonismo Norte-Sul, propugnava uma aliança com o Terceiro Mundo, com o objetivo de modificar a sua participação no sistema internacional. Nesse período o Brasil passa a compor o recém criado Grupo dos 77, além de se recusar em assinar o Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP).


Foi grande financiador de empreiteiros de obras públicas na época do Milagre brasileiro. Foi duas vezes deputado federal por Minas Gerais e senador entre 1971 e 1979. Filiado a Arena, participou em 1980 da fundação do Partido Popular. Após a incorporação deste ao PMDB, filia-se ao PDS.


Deixou a política em 1985, por motivo de doença.


Homenagens


O estádio do Mineirão, o segundo maior do Brasil, é denominado Governador Magalhães Pinto em sua homenagem. A avenida principal da cidade de Coronel Fabriciano é denominada Avenida Governador José de Magalhães Pinto.

Fonte: Wikipedia

view all

Magalhães Pinto's Timeline

1909
June 28, 1909
Santo Antônio do Monte, Minas Gerais, Brazil
1996
March 6, 1996
Age 86
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil