Is your surname Costallat de Macedo Soares?

Research the Costallat de Macedo Soares family

Lota de Macedo Soares's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Maria Carlota "Lota" Costallat de Macedo Soares

Birthdate: (57)
Birthplace: Paris, Paris, Île-de-France, France
Death: Died in New York, New York, United States
Cause of death: suicide
Immediate Family:

Daughter of José Eduardo de Macedo Soares and Adélia de Carvalho Costallat
Partner of Elizabeth Bishop
Sister of Maria Elvira "Marieta" Costallat de Macedo Soares

Managed by: Private User
Last Updated:

About Lota de Macedo Soares

Maria Carlota Costallat de Macedo Soares (1910 – September 25, 1967) was a Brazilian aesthete who conceived and constructed the Flamengo Park in Rio de Janeiro. She was born in Paris, a member of a prominent political family in Rio de Janeiro state.


Lota, as she was known, maintained a lesbian relationship with the American poet Elizabeth Bishop from 1951 to 1967.


In 1967, Soares followed Bishop back to the United States, having recovered from an ailment with extensive hospitalization. The same day she arrived in New York, 19 September 1967, Soares took effective steps to commit suicide by overdosing on tranquilizers, and died several days later.

àcerca (Português)

Maria Carlota Costallat de Macedo Soares (Paris, 16 de março de 1910 - Nova York, 25 de setembro de 1967) foi uma arquiteta-paisagista e urbanista autodidata brasileira. A convite de Carlos Lacerda, foi uma das responsáveis pelo projeto do Parque do Flamengo, localizado na cidade do Rio de Janeiro, o maior aterro urbano do mundo.

Maria Carlota, chamada por todos de Lota, nasceu em Paris, filha de José Eduardo de Macedo Soares, então Primeiro-Tenente da Marinha baseado na Europa, e de Adélia de Carvalho Costallat. O casal teve mais uma filha em Paris, Maria Elvira, conhecida por Marieta. José Eduardo deixou a Marinha em 1912 e voltou ao Brasil com a família. No Rio de Janeiro, fundou o jornal O Imparcial, precursor do Diário Carioca.[1][2][3]

No princípio da década de 1940, Lota residiu em Nova York, onde fez cursos no Museu de Arte Moderna.

Sem ter frequentado universidade, foi reconhecida como arquiteta autodidata e paisagista emérita, e foi convidada por Carlos Lacerda, que acabara de assumir o governo do recém-criado estado da Guanabara (1960-1965), para trabalhar no governo do estado. Propôs a modificação do projeto de duplicação das pistas ao longo da Praia do Flamengo de maneira a fazer um aterro muito maior, no que veio a se tornar o Parque do Flamengo.[4] Quando, nas eleições seguintes, o candidato de Carlos Lacerda perdeu o pleito, e tendo ainda criado a Fundação Parque do Flamengo e eleita sua presidente, a pressão dos sucessores de Lacerda levou Lota a deixar o projeto antes de sua finalização. De todo modo, conseguiu tombar o Parque do Flamengo, evitando que se fizesse um loteamento no aterro do Flamengo.

Todas essas questões políticas em que esteve envolvida, mais o afastamento de sua companheira Elizabeth Bishop, que a essa altura já estava em Nova York, levaram-na à depressão. Elizabeth Bishop era uma das poetisas mais famosas da época. Lota e Elisabeth viveram juntas de 1951 a 1965. Em 1967, quando já separadas, Lota resolveu viajar a Nova York a fim de encontrar Bishop. No mesmo dia em que chegou, Bishop encontrou-a caída na cozinha, com um vidro de antidepressivos nas mãos. Lota entrou em coma, morrendo poucos dias depois.

WP

-----------------------------------------------------------------

Maria Carlota Costallat de Macedo Soares (1910 – September 25, 1967) was a Brazilian aesthete who conceived and constructed the Flamengo Park in Rio de Janeiro. She was born in Paris, a member of a prominent political family in Rio de Janeiro state.


Lota, as she was known, maintained a lesbian relationship with the American poet Elizabeth Bishop from 1951 to 1967.


In 1967, Soares followed Bishop back to the United States, having recovered from an ailment with extensive hospitalization. The same day she arrived in New York, 19 September 1967, Soares took effective steps to commit suicide by overdosing on tranquilizers, and died several days later.

view all

Lota de Macedo Soares's Timeline

1910
March 16, 1910
Paris, Paris, Île-de-France, France
1967
September 25, 1967
Age 57
New York, New York, United States