Salvadora Lopes Peres

Is your surname Lopes Peres?

Research the Lopes Peres family

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Salvadora Lopes Peres (Lopez Perez)

Birthdate:
Birthplace: Avaré, São Paulo, Brazil
Death: December 19, 2006 (88)
Sorocaba, São Paulo, Brazil
Immediate Family:

Daughter of Juan Lopez Andreo and Encarnación Perez
Sister of Encarnación Lopes Peres

Managed by: Lúcia Pilla
Last Updated:

About Salvadora Lopes Peres

Salvadora Lopes Peres (Avaré, 28 de agosto de 1918 — Sorocaba, 19 de dezembro de 2006) foi uma operária, sindicalista e política brasileira.

Filha dos espanhóis Juan Lopes Andreo e Encarnación Lopes Peres, mudou-se para Sorocaba aos dois anos de idade. Aos dez anos, depois de cursar o primário nas Escola "Senador Vergueiro" e Escola "Visconde de Porto Seguro", começou a trabalhar na Fábrica Santa Maria, no Bairro do Além Ponte. Depois, trabalhou nas Fábricas Votorantim e Fábrica Santo Antônio.

Desde cedo, ainda criança, participou de greves e mobilizações dos operários anarquistas e comunistas. Participou da reorganização do Partido Comunista em Sorocaba, após o Estado Novo, em 1945. Tornou-se líder operária e comunista, tendo organizado várias greves, como a dos Ferroviários em 1947 (que resultou na sua demissão da Fábrica Santo Antônio) e em 1949, pelo pagamento aos têxteis da concessão de aumento salarial de 40% conforme decisão do Tribunal Superior do Trabalho. Por essa greve, Salvadora Lopes Peres foi presa e processada.

Em 1947 foi eleita vereadora, a primeira de Sorocaba, com 265 votos. Era candidata pelo PST, partido de "aluguel" do PCB que estava na ilegalidade. Foi cassada no dia da posse, juntamente com outros 13 vereadores comunistas.Em 1950 representou Sorocaba na Conferência Sindical do Sul, no Uruguai. Em 1951 foi candidata a deputada federal, sendo presa dias antes da votação com o fim de prejudicar sua eleição. Em outubro de 1952 foi expulsa do Partido Comunista, acusada de sectarismo. Na realidade, Salvadora Lopes não era conivente com muitas atitudes da direção do Partido, como o apoio à candidatura de Ademar de Barros a governador.

Salvadora Lopes Peres, apesar de afastada dos partidos políticos, continuou a participar da vida política de Sorocaba, emitindo opiniões em vários veículos de comunicação, proferindo palestras e reuniões. Salvadora Lopes foi ainda tema de dois documentários produzidos por Werinton Kermes: "Quem tem Medo de Salvadora Lopes" e "Vídeo Memória".

Foi homenageada, no ano de 2001, pela Câmara Municipal de Sorocaba, com o título de cidadã sorocabana e, no mesmo ano, recebeu votos de congratulações da Câmara Municipal de Avaré pela publicação da sua biografia "Salvadora!", escrita por Carlos Carvalho Cavalheiro.

(https://pt.wikipedia.org/wiki/Salvadora_Lopes)

view all

Salvadora Lopes Peres's Timeline

1918
August 28, 1918
Avaré, São Paulo, Brazil
2006
December 19, 2006
Age 88
Sorocaba, São Paulo, Brazil