Start My Family Tree Welcome to Geni, home of the world's largest family tree.
Join Geni to explore your genealogy and family history in the World's Largest Family Tree.

Políticos e Diplomatas Brasileiros

« Back to Projects Dashboard

view all

Profiles

  • Antonio Pichetti (1931 - 2019)
    Nasceu no dia 23 de maio de 1931, em Cruzeiro/SC, atual município de Concórdia/SC, emancipado em 1934. Filho de Luiz Pichetti e de Josephina Pichetti. Casou com Analita Mariani e tiveram os filhos: Ant...
  • Antônio José Duarte de Araújo Gondim, barão de Araújo Gondim (1823 - 1884)
    Antônio José Duarte de Araújo Gondim, primeiro e único barão de Araújo Gondim, (Recife, 14 de setembro de 1823 — Petrópolis 16 de maio de 1884) foi um diplomata brasileiro, tendo exercido a função na e...
  • Luiz Pereira de Campos Vergueiro (1815 - 1878)
    Luís Pereira de Campos Vergueiro foi um jurista e político brasileiro. Formou-se na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Foi presidente do Centro Acadêmico XI de Agosto em 1904 e um de ...
  • Arnolfo Rodrigues de Azevedo (1868 - 1942)
    Arnolfo Rodrigues de Azevedo (Lorena, 11 de novembro de 1868 — São Paulo, 14 de janeiro de 1942) foi um político brasileiro. Foi presidente da Câmara dos Deputados e um senador durante a República Velh...
  • Miguel Colasuonno (1939 - 2013)
    Miguel Colasuonno (São Paulo, 2 de fevereiro de 1939 — São Paulo, 4 de outubro de 2013) foi um economista e político brasileiro. Biografia Em 1974 Fez o ensino fundamental e médio no tradicional ...

Este Projeto pretende elencar os célebres políticos e diplomatas brasileiros.

Um político (do grego transliterado politikós) ou estadista é quem se ocupa da política. Segundo Sócrates, é um homem público que lida com a chamada "coisa pública". Segundo Platão, é filiado a um partido ou "ideologia filosófica de conduta". Se incorporado a um Estado pela vontade do povo, pode ser formalmente reconhecido como membro ativo de um governo. É uma pessoa que influencia a maneira como a sociedade é governada. Essa definição inclui pessoas que estão em cargos de decisão no governo e pessoas que almejam a esses cargos tanto por eleição quanto por indicação.

Conceito

É o indivíduo pertencente a um partido, que preocupa-se em obter aceitação da população para ascender a uma determinada posição. Participa ativamente de política partidária. Tem o poder de formar opinião pública. Num Estado, são os membros dos poderes executivo e legislativo, do governo federal, dos governos estaduais e municipais. Também pode-se considerar político alguém que manipule e influencie a opinião de um determinado grupo em favor de uma ideia. Também se pode considerar alguém que não sabendo fazer mais nada, se serve dos poderes que a política lhes dá e consequentemente o mando para "se governar".

Quem não é considerado político:

Membros do governo que sirvam meramente para trabalhos burocráticos, como assessores e consultores técnicos; Membros concursados chamados de funcionários públicos, sejam eles do poder executivo, do poder legislativo, do poder judiciário ou militares, não são, geralmente, considerados políticos, embora estejam envolvidos nos processos de decisão do governo; Cidadãos comuns com poder de voto não são exatamente considerados políticos, embora possam ser formadores de opinião pública.

Cargos políticos

Alguns cargos políticos são:

  • Congressista;
  • Governador;
  • Deputado;
  • Senador;
  • Parlamentar;
  • Ministro;
  • Prefeito;
  • Presidente;
  • Primeiro-ministro;
  • Vereador.

Um indivíduo candidato à eleição para qualquer um desses cargos é, geralmente, definido como político.

Fonte: WP

A Diplomacia é um instrumento da política externa, para o estabelecimento e desenvolvimento dos contatos pacíficos entre os governos de diferentes Estados, pelo emprego de intermediários, mutuamente reconhecidos pelas respectivas partes. Geralmente, é empreendida por intermédio de diplomatas de carreira e envolve assuntos de guerra e paz, comércio exterior, promoção cultural, coordenação em organizações internacionais e outras organizações. As relações diplomáticas são definidas no plano do direito internacional pela Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas (CVRD), de 1961.

Convém distinguir entre diplomacia e política externa — a primeira é uma dimensão da segunda. A política externa é definida em última análise pela Chefia de Governo de um país ou pela alta autoridade política de um sujeito de direito internacional; já a diplomacia pode ser entendida como uma ferramenta dedicada a planejar e executar a política externa, por meio da atuação de diplomatas.

Figurativamente, ou de forma coloquial, chama-se diplomacia o uso de delicadeza ou os bons modos, ou, ainda, astúcia para tratar qualquer negócio. O padroeiro dos diplomatas e do exercício da diplomacia é o São Gabriel. Três famosos diplomatas brasileiros foram José Maria da Silva Paranhos Júnior, o Barão do Rio Branco, João Cabral de Melo Neto e Vinicius de Moraes.

Fonte:WP