Francisco de Brito Peixoto (1650 - 1735) MP

public profile

View Francisco de Brito Peixoto's complete profile:

  • See if you are related to Francisco de Brito Peixoto
  • Request to view Francisco de Brito Peixoto's family tree

Share

Birthdate:
Birthplace: Sao Vicente, Sao Paulo, Brasil
Death: Died in Laguna, SC, Brasil
Managed by: Pablo Benítez Barreto
Last Updated:

About Francisco de Brito Peixoto

http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Brito_Peixoto

Francisco de Brito Peixoto (São Vicente, 1650 — Laguna, 25 ou 31 de outubro de 1735) foi o fundador juntamente com seu pai, Domingos de Brito Peixoto, da vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna em 1684, e mais tarde, entre 1715 e 1718, explorador e descobridor a custa de seus cabedais dos campos do Rio Grande de São Pedro do Sul. Também fez a ligação por terra de Laguna a Rio Grande, a Maldonado, à Colônia do Sacramento e a Montevidéu.

Em 1° de fevereiro de 1721 lhe foi passada por el-rei João V de Portugal a carta patente de capitão-mor das terras da Laguna e ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro por três anos, fazendo nela honrosa menção dos serviços por ele prestados.

No ano de 1726, Francisco de Brito Peixoto escreveu para o Rei:

"Mandei no serviço de S.M. que Deus Guarde, para o Rio Grande de São Pedro 31 homens à minha custa, e por capitão deles o meu genro João de Magalhães, a quem ordenei que chegando à paragem do Rio Grande escolhessem algum lugar que fosse mais conveniente para formarem as suas casas em forma de povoação e logo façam canoas de pau, suficientes para serventia de passagens de gado, encomendando-lhes também aquele zelo e diligência de passarem gado para esta parte da nossa campanha para a multiplicação, pois é um grande serviço que se faz a EI-Rei Nosso Senhor, enxotando-o para o meio da campanha para o dito gado tomar posse (...) Também se me oferece dizer a Vmc. que já desta banda do Rio Grande se acham 800 reses de gado vacum que mandei buscar das campanhas à minha custa (...) por entender que nisso fazia serviço a S.M. que Deus Guarde, para a multiplicação na campanha desta parte, e por não haver nela gado algum e ter capacidade para nela estarem milhões de gado, e na diligência de conduzir mais estou sempre (...) Também digo a Vme. que tenho adquirido a boa amizade dos índios minuanos (...) e ser conveniente ao real serviço a amizade destes gentios, por estarem as campanhas francas para delas se tirar quanto gado quiserem."

- Vida familiar

Foi casado, mas não no papel, com Índia Carijó.

Seus restos mortais estão enterrados sob o altar-mór da Igreja Matriz Santo Antônio dos Anjos.

Morreu solteiro deixando uma filha natural, Ana de Brito Peixoto, nascida em Laguna, que foi casada com seu genro, João de Magalhães.

Silva Leme descreve a sua família no volume Vol II - Pág. 189 § 1.º (título Lemes) da sua «Genealogia Paulistana». -------------------- José Pinto Bandeira casou-se com Catarina de Brito, filha de capitão-mor Francisco de Brito Peixoto e índia carijó.

http://mitoblogos.blogspot.com/2008/05/genealogia-180-famlia-pinto-bandeira-de.html

view all 13

Francisco de Brito Peixoto's Timeline

1650
1650
Sao Vicente, Sao Paulo, Brasil
1650
São Vicente, São Paulo, Brazil
1680
1680
Age 30
Laguna, Santa Catarina, Brazil
1680
Age 30
Paranaguá, Parana, Brazil
1735
October 25, 1735
Age 85
Laguna, SC, Brasil
1791
1791
Age 85
Santos, São Paulo, Brazil
????
Santos, São Paulo, Brazil
????
Laguna, Santa Catarina, Brazil
????
????