Vicente do Rego Monteiro

Is your surname do Rego Monteiro?

Research the do Rego Monteiro family

Vicente do Rego Monteiro's Geni Profile

Records for Vicente do Rego Monteiro

705 Records

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

Vicente do Rego Monteiro

Birthdate:
Birthplace: Recife, Pernambuco, Brazil
Death: Died in Recife, Pernambuco, Brazil
Immediate Family:

Son of Ildefonso do Rêgo Monteiro and Elisa Cândida Figueiredo Melo
Brother of Fédora do Rego Monteiro Fernandes and Joaquim do Rego Monteiro

Occupation: pintor, desenhista, escultor, professor e poeta
Managed by: Carla Assenheimer (C)
Last Updated:

About Vicente do Rego Monteiro

Foi um pintor, desenhista, escultor, professor e poeta brasileiro.

Formação artística


Iniciou seus estudos artísticos na Escola Nacional de Belas Artes, (Rio de Janeiro), em 1908.


Complementou seus estudos na França, na Académie Colarossi, na Academia Julian e na Académie de la Grande Chaumière.


Vicente do Rego Monteiro, irmão mais novo de Joaquim do Rego Monteiro e Fédora do Rego Monteiro Fernandes, nasceu em Recife em 1899, filho de Ildefonso do Rêgo Monteiro e Elisa Cândida Figueiredo Melo prima de Pedro Américo.


Foi um artista múltiplo: pintor, desenhista, muralista, escultor e poeta. Freqüentou a Academia Julian em Paris, de 1911 a 1914, voltando ao Brasil para morar no Rio de Janeiro. Em 1920 expôs algumas obras em São Paulo, conhecendo o grupo de modernistas da cidade e abrindo caminho para a exposição de oito obras suas na Semana de Arte Moderna de 1922, enfatizando temas nacionais. Inspirado na cerâmica marajoara e na cultura indígena, ilustrou o livro de P. L. Duchartre – Légendes, Croyances et Talismãs dês Indiens de l’Amazonie.


Em 1930, depois de uma longa estada em Paris, veio ao Brasil trazendo a exposição da Escola de Paris a Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Dois anos depois, Vicente do Rego Monteiro fixaria residência no Recife, alternando períodos no Brasil e na França até 1950.


A pintura de Vicente do Rego Monteiro é marcada pela sinuosidade e sensualidade. Contido nas cores e contrastes, as obras do artista nos reportam a um clima místico e metafísico. A temática religiosa é freqüente em sua pintura, chegando a pintar cenas do Novo Testamento, com figuras que, pela densidade e volume, se aproximam da escultura.


Além de Vicente ter sido um pintor requintado, escrevia poesias, tinha o gosto pela dança, venceu muitos concursos de dança de salão em Paris, foi professor no Instituto Central de Artes da UnB, adorava carros e em 1931 disputou o Grand Prix do Automóvel Clube da França, tinha gosto pela engenharia mecânica e construiu um planador e em Pernambuco fabricou aguardente.


Exposições


Individuais

  • Teatro de Santa Isabel, no Recife, (1918);
  • Galeria Elegante, Recife (1918);
  • Livraria Moderna, São Paulo, 1920.
  • Galerie Bernheim Jeune, Paris, França, (1928);
  • Museu do Estado do Pernambuco, (1939);
  • Galerie Visconti, Paris, França (1947);
  • Clube dos Seguradores e Banqueiros do Rio de Janeiro, (1957);
  • Galeria Barcinski, Rio de Janeiro (1969).

Coletivas

  • Salón dês Indépendants, Paris, França (1913);
  • Semana de Arte Moderna, no Teatro Municipal de São Paulo (1922);
  • A Escola de Paris, exibida no Recife, no Rio de Janeiro e em São Paulo (1930);
  • Exposition De L'école de Paris, no Teatro Santa Isabel, no Palace Hotel e no Palacete da Glória, Recife, Pernambuco. (1930)
  • 3º Salão de Arte Moderna do Recife (1949);
  • Exposição comemorativa da Semana de Arte Moderna no Museu de Arte Moderna, São Paulo (1952);
  • Precursors of Modernism in Latin América no Center of Inter-American Relations, Nova York, Estados Unidos (1967);
  • Galeria de Arte André, exposição 4 décadas, com curadoria Carlos von Schmidt, São Paulo. (2001)

Professor

  • Ministrou aulas de pintura na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Pernambuco.
  • Foi professor do Instituto Central de Artes da Universidade de Brasília.

Poemas

  • Poemas de bolso, 1941.
  • Broussais - La Charité

Prêmios

  • Dedicatória em versos de João Cabral de Melo Neto (1945), na obra "O Engenheiro".
  • Prêmio Guillaume Apollinaire (1960), pelos sonetos apresentados em Broussais - La Charité, livro publicado na França.

Fonte: Wikipédia

view all

Vicente do Rego Monteiro's Timeline

1899
December 19, 1899
Recife, Pernambuco, Brazil
1970
June 5, 1970
Age 70
Recife, Pernambuco, Brazil