Tomas Antonio Maciel Monteiro, 1° barão de Itamaracá

Is your surname Maciel Monteiro?

Research the Maciel Monteiro family

Tomas Antonio Maciel Monteiro, 1° barão de Itamaracá's Geni Profile

Share your family tree and photos with the people you know and love

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

About Tomas Antonio Maciel Monteiro, 1° barão de Itamaracá

Tomás Antônio Maciel Monteiro, 1.º barão de Itamaracá, (Pernambuco — Recife, 24 de novembro de 1847) foi um magistrado e político brasileiro.

Filho de Antônio Francisco Monteiro e Joana Ferreira Maciel Gouvim, formou-se na Faculdade de Direito do Recife. Casou-se com Ana Augusta Tavares Osório Maciel da Costa, filha do Marquês de Queluz.

Foi deputado geral e depois vice-presidente da província de Pernambuco, nomeado por carta imperial de 9 de abril de 1839, de ? até 3 de novembro de 1840.

Foi tenente-coronel da Guarda Nacional e nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal em 1842.

Agraciado com a comenda da Imperial Ordem de Cristo

WP

TOMÁS ANTÔNIO MACIEL MONTEIRO - 1º BARÃO DE ITAMARACÁ N. 13-06-1786 no Recife, b. na igreja matriz do Corpo Santo, f. 24-11-1847 tb. no Recife, s. na matriz da Boa Vista. Recebeu o título de barão de Itamaracá em 11-09-1843. Advogado formado em Coimbra em 12-11-1808. Juiz de direito em Goiana PE. Juiz de direito na Paraíba em 1813. Ouvidor da comarca do Sertão de Pernambuco em 1819-23. Desembargador da Relação de Pernambuco, empossado em 28-10-1823. Desembargador ordinário da Casa da Suplicação em 1830. Empossado em 1832 como presidente do Tribunal da Relação de Pernambuco, onde serviu até 1842. Ministro do Supremo Tribunal de Justiça de 1842 a 1847, quando se aposentou. Deputado à Assembleia Geral Legislativa da província de Pernambuco na primeira legislatura [1826-29]. Presidente da província de Pernambuco em 1840, tendo assumido o cargo na qualidade de segundo vice-presidente. Fidalgo cavaleiro do Conselho de S. M. o Imperador. Comendador da Imperial Ordem de Cristo. Filho de Antônio Francisco Monteiro (n. na freguesia de São Miguel, termo de Barcelos, arcebispado de Braga, em Portugal; capitão comandante dos auxiliares da capitania de Pernambuco; tesoureiro e deputado da Companhia Geral e da Alfândega de Pernambuco; cavaleiro professo da Ordem de Cristo) e de Joana Ferreira Maciel Gouvim (n. no Recife, na freguesia de Santo Antônio, f. tb. no Recife). Neto paterno de Simão Luís Monteiro de Paiva e de Maria Francisca de Araújo. Neto materno de Brás Ferreira Maciel e de Catarina Bernarda de Oliveira. Tio paterno de Antônio Peregrino Maciel Monteiro, 2º barão de Itamaracá [v. 33163]. Casou-se com sua prima materna ANNA AUGUSTA TAVARES OSÓRIO MACIEL DA COSTA [33162a]. Irmã de João Tavares Maciel da Costa, visconde de Queluz (f. 09-12-1870 em Vassouras RJ). Filha de João Severino Maciel da Costa, marquês de Queluz (n. 1769 em Mariana MG, f. 19-11-1833; desembargador; senador do Império pela Paraíba em 1826-33; ministro de Estado; presidente da província da Bahia). Neta paterna de Domingos Alves de Oliveira Maciel e de Juliana de Oliveira. [Barata, Cunha Bueno, t.1, v.2, p. 1-323, 1396-7; Cascão; Cavalcanti, v.2, p. 150-1; Freitas; Honorato, p. 65-7; Moya, v.3, p. 45, p. 297-8; Rheingantz, p. 18, 70; Silva Leme, v.4, 354; Valle, p. 239-40; Vasconcellos, p. 205].

https://www.parentesco.com.br/index.php?apg=arvore&idp=19999&ver=por&ori=&c_palavra=

67- Engenho Tejipió – sob a Invocação de Nossa Senhora do Rosário – do genealogista Fábio Arruda de Lima. Formado em Coimbra, Deputado Provincial e Geral, Comendador Imperial da Ordem de Cristo, Conselheiro do Imperio, Vice Presidente da Provincia de Pernambuco, Desembargador, Ministro do Supremo Tribunal de Justica, nobilitado.


TOMÁS ANTÔNIO MACIEL MONTEIRO - 1º Barão de Itamaracá - n. 13-06-1786 no Recife, b. na igreja matriz do Corpo Santo, f. 24-11-1847 tb. no Recife, s. na matriz da Boa Vista. Recebeu o título de barão de Itamaracá em 11-09-1843. Advogado formado em Coimbra em 12-11-1808. Juiz de direito em Goiana PE. Juiz de direito na Paraíba em 1813. Ouvidor da comarca do Sertão de Pernambuco em 1819-23. Desembargador da Relação de Pernambuco, empossado em 28-10-1823. Desembargador ordinário da Casa da Suplicação em 1830. Empossado em 1832 como presidente do Tribunal da Relação de Pernambuco, onde serviu até 1842. Ministro do Supremo Tribunal de Justiça de 1842 a 1847, quando se aposentou. Deputado à Assembleia Geral Legislativa da província de Pernambuco na primeira legislatura [1826-29]. Presidente da província de Pernambuco em 1840, tendo assumido o cargo na qualidade de segundo vice-presidente. Fidalgo cavaleiro do Conselho de S. M. o Imperador. Comendador da Imperial Ordem de Cristo. Filho de Antônio Francisco Monteiro (n. na freguesia de São Miguel, termo de Barcelos, arcebispado de Braga, em Portugal; capitão comandante dos auxiliares da capitania de Pernambuco; tesoureiro e deputado da Companhia Geral e da Alfândega de Pernambuco; cavaleiro professo da Ordem de Cristo) e de Joana Ferreira Maciel Gouvim (n. no Recife, na freguesia de Santo Antônio, f. tb. no Recife). Neto paterno de Simão Luís Monteiro de Paiva e de Maria Francisca de Araújo. Neto materno de Brás Ferreira Maciel e de Catarina Bernarda de Oliveira. Tio paterno de Antônio Peregrino Maciel Monteiro, 2º barão de Itamaracá [v. 33163] [Barata, Cunha Bueno, t.1, v.2, p. 1-323, 1396-7; Cascão; Cavalcanti, v.2, p. 150-1; Freitas; Honorato, p. 65-7; Moya, v.3, p. 45, p. 297-8; Rheingantz, p. 18, 70; Silva Leme, v.4, 354; Valle, p. 239-40; Vasconcellos, p. 205].

view all

Tomas Antonio Maciel Monteiro, 1° barão de Itamaracá's Timeline

1786
1786
Recife, Recife, State of Pernambuco, Brazil
1847
November 24, 1847
Age 61
Recife, Microrregião de Recife, PE, Brazil
November 24, 1847
Age 61
Recife, Recife, State of Pernambuco, Brazil