Start My Family Tree Welcome to Geni, home of the world's largest family tree.
Join Geni to explore your genealogy and family history in the World's Largest Family Tree.

Governadores de Pernambuco

« Back to Projects Dashboard

Project Tags

view all

Profiles

  • Francisco Barreto de Menezes, governador-geral do Brasil (1616 - 1688)
    Nasceu à época da união das coroas ibéricas, pois seu pai era português e o comandante da Praça de Callao. Valoroso militar, foi escolhido para comandar as tropas luso-brasileiras na Insurreição Pern...
  • Vasco de Souza Pacheco, capitão-mor de Pernambuco (c.1590 - d.)
    O capitão-mor de Pernambuco (em sucessão de Alexandre de Moura) foi Vasco de Souza Pacheco. Capitania de Pernambuco,1616. Capitão-mor, Capitania da Bahia,1617. ANTT, Arquivo Nacional da Torre do Tomb...
  • Manoel Mascarenhas Homem (deceased)
    HOMEM, Manoel de Mascarenhas - Capitão-mor de Pernambuco em fins do século XVI e comandante da expedição ao Rio Grande, em cumprimento às Cartas Régias de 09.11.1596 e 15.03.1597, que autorizavam a con...
  • Hendrick Lonck (1568 - 1634)
    Governador Hendrick Corneliszoon Lonck – governou Pernambuco de 10 de fevereiro de 1630 a 5 de maio de 1630. Hendrik_Lonck (Roosendaal, 1568 — Amsterdã, 10 de outubro de 1634) foi um militar, adminis...
  • Alexandre de Moura (b. - aft.1620)
    Alexandre de Moura foi o líder do exército português que colaborou com a destruição da França Equinocial, durante o período colonial brasileiro. Em 1598 chegou a capitania de Pernambuco, para participa...

Governantes do período colonial (1534 — 1822)

Donatários da Capitania da Nova Lusitânia

  1. Duarte Coelho (1534 - 1554) Primeiro donatário
  2. Brites de Albuquerque (1540 - 1540) Regente, durante viagem de seu marido, o primeiro donatário
  3. Brites de Albuquerque (1550 - 1550) Regente, durante viagem de seu marido, o primeiro donatário
  4. Brites de Albuquerque (1553 - 1553) Regente, durante viagem de seu marido, o primeiro donatário
  5. Brites de Albuquerque (1554 - 1561) Regente, após a morte de seu marido, o primeiro donatário, durante a menoridade de seu filho
  6. Duarte Coelho de Albuquerque (1561 - 1578)
  7. Brites de Albuquerque (1572 - 1575) regente, em nome de seu filho
  8. Jorge de Albuquerque Coelho (1575 - 1576) regente, em nome de seu irmão
  9. Jerônimo de Albuquerque (5 de maio de 1576 - 1577) lugar-tenente governador
  10. Jorge de Albuquerque Coelho (1578 - 1596 ou 1597)
  11. Christovão de Mello (1577 - 1579) interino de Jerônimo de Albuquerque
  12. Jerônimo de Albuquerque (1579 - 1580) governador
  13. Simão Rodrigues Cardoso (1580 - 1584) lugar-tenente governador
  14. Filipe de Moura, Capitão Mor de Pernambuco 1588 (1588) governador
  15. Pedro Homem de Castro (1588 ou 1592 - 1596) lugar-tenente governador
  16. Brites de Albuquerque (1596 ou 1597 - 1603) regente, após a morte de seu filho, o terceiro donatário, durante a menoridade do filho deste assumisse
  17. Manoel Mascarenhas Homem (1596 - 1605) governador
  18. Antonio Barreiros e Duarte de Sá (1597 - 1598) no impedimento de Manuel Mascarenhas Homem
  19. Salvador Correia de Sá (outubro de 1601 - agosto de 1602) lugar-tenente governador
  20. Duarte Coelho de Albuquerque, conde e Marquês de Bastos (1603 - 24 de abril de 1658)
  21. Alexandre de Moura (1603 - 1615) capitão governador
  22. Vasco de Souza Pacheco, capitão-mor de Pernambuco (1615 - 1615)
  23. Luís de Sousa Henriques (1615 - 1615) governador
  24. João Paes Barreto (maio de 1615 - 30 de maio de 1620) governador
  25. Matias de Albuquerque Coelho (20 de maio de 1620 - novembro de 1627) governador
  26. André Dias de França novembro de 1627 agosto de 1629 governador
  27. Matias de Albuquerque Coelho (12 de agosto de 1629 - novembro de 1635) l governador
  28. Luís de Rojas e Borba (16 de dezembro de 1635 - 18 de janeiro de 1655) governador
  29. Juan Vicenzo de San Felice (19 de janeiro de 1656 - 1658) Conde e Princípe de Bagnuolo / governador
  30. Maria Margarida de Castro e Albuquerque, Senhora de Basto e Condessa de Vimioso (24 de setembro de 1658 - 25 de outubro de 1689)
  31. Francisco de Paula de Portugal e Castro, 8º Conde de Vimioso e 2º Marquês de Valença (25 de outubro de 1689 - 10 de maio de 1716)

Domínio holandês (1630 — 1654)

  1. Hendrick Lonck (10 de fevereiro de 1630 - 5 de maio de 1630)
  2. Diederik van Waerdenburch (5 de maio de 1630)
  3. Mathias van Ceulen - Johan Gysselingh (janeiro de 1631 - 11 de dezembro de 1634) Conselho Político
  4. Servaas Carpentier - Willen Sehott - Jacob Stachouwer - Baltazar Wyntgens - Ippo Eysens (1634 - 1638) Conselho Político
  5. João Maurício de Nassau-Siegen (25 de janeiro de 1637 - 6 de maio de 1644)
  6. Mathias van Ceulen - Johan Gysselingh - Adiaen van der Dussen (25 de janeiro de 1637 - 6 de maio de 1644) Conselho Secreto
  7. Henrique Hamel - Adriano van Bullestraten - Pedro S. Bas (6 de maio de 1644 - agosto de 1648) Supremo Conselho de Governo
  8. Walter van Schonenborch - Van Goch - Simon van Beaumont (agosto de 1648 - janeiro de 1654) Junta de Governo

Restauração pernambucana

  1. Francisco Barreto de Menezes, governador-geral do Brasil (28 de janeiro de 1654 - 26 de maio de 1657)
  2. André Vidal de Negreiros (26 de maio de 1657 - 26 de janeiro de 1661)
  3. Francisco de Brito Freire, governador de Pernambuco 26 de janeiro de 1661 5 de março de 1664
  4. Jerónimo de Mendonça Furtado (5 de março de 1664 - 31 de julho de 1666)
  5. Junta governativa - (31 de julho de 1666 - 24 de janeiro de 1667)
  6. André Vidal de Negreiros (24 de janeiro de 1667 - 13 de junho de 1667)
  7. Bernardo de Miranda Henriques (13 de junho de 1667 - 28 de outubro de 1670)
  8. Fernão de Sousa Coutinho (28 de outubro de 1670 - 16 de janeiro de 1674)
  9. junta governativa (6 de janeiro de 1674 - 6 de fevereiro de 1674)
  10. Pedro de Almeida (6 de fevereiro de 1674 - 14 de abril de 1678)
  11. Aires de Sousa de Castro (14 de abril de 1678 - 11 de janeiro de 1682)
  12. João de Sousa (11 de janeiro de 1682 - 13 de maio de 1685)
  13. João da Cunha Souto Maior (13 de maio de 1685 - 29 de junho de 1688)
  14. Fernão Cabral (29 de junho de 1688 - 8 de setembro de 1688) Faleceu no cargo
  15. Matias de Figueiredo Melo (13 de setembro de 1688 - 25 de maio de 1689)
  16. Antônio Luís Gonçalves da Câmara Coutinho (25 de maio de 1689 - 5 de junho de 1690)
  17. Antônio Félix Machado da Silva e Castro, 2º Marquês de Montebelo (5 de junho de 1690 - 13 de junho de 1693)
  18. Caetano de Melo e Castro (13 de junho de 1693 - 5 de março de 1699)
  19. Fernando Martins Mascarenhas Lencastre (5 de março de 1699 - 3 de novembro de 1703)
  20. Francisco de Castro Morais (3 de novembro de 1703 - 9 de junho de 1707)
  21. Sebastião de Castro Caldas Barbosa ou Sebastião de Castro e Caldas (9 de junho de 1707 - 7 de novembro de 1710) abandonou o governo (fugiu para a Bahia), dando início à Guerra dos Mascates
  22. Manuel Álvares da Costa (7 de novembro de 1710 - 27 de junho de 1711) bispo de Olinda, governador interino
  23. Junta governativa - Luís de Valensuela Ortiz - Cristóvão de Mendonça Arrais - Domingos Bezerra Monteiro - Antônio Bezerra Cavalcanti - Estevão Soares Aragão (27 de junho de 1711 - 6 de outubro de 1711)
  24. Félix José Machado de Mendonça Eça Castro e Vasconcelos (10 de outubro de 1711 - 1º de junho de 1715)
  25. Lourenço de Almeida (1º de junho de 1715 - 23 de julho de 1718)
  26. Francisco de Sousa (11 de fevereiro de 1721 - 11 de janeiro de 1722)
  27. Manuel Rolim de Moura (11 de janeiro de 1722 - 6 de novembro de 1727)
  28. Duarte Sodré Pereira ou Duarte Sodré Pereira Tibão (6 de novembro de 1727 - 24 de agosto de 1737)
  29. Henrique Luís Pereira Freire ou Henrique Luís Pereira Freire de Andrada (24 de agosto de 1737 - 25 de janeiro de 1746)
  30. Marcos José de Noronha e Brito, 6º Conde dos Arcos (25 de janeiro de 1746 - 3 de março de 1749)
  31. Luís Correia de Sá (3 de março de 1749 - 16 de fevereiro de 1756)
  32. Luís Diogo Lobo da Silva (16 de fevereiro de 1756 - 8 de setembro de 1763)
  33. Antônio de Sousa Manuel de Meneses, conde de Vila Flor (8 de setembro de 1763 - 14 de abril de 1768)
  34. José da Cunha Grã Ataíde e Melo, conde de Povolide (14 de abril de 1768 - 5 de outubro de 1769)
  35. Manuel da Cunha Meneses (5 de outubro de 1769 - 31 de agosto de 1774)
  36. José César Meneses (31 de agosto de 1774 - 13 de dezembro de 1787)
  37. Tomás José de Melo (13 de dezembro de 1787 - 20 de agosto de 1798) Demitido
  38. Bispo José Joaquim da Cunha Azeredo Coutinho - (substituído em 1802 por Manuel Xavier Carneiro da Cunha)
  39. Pedro Severim - (substituído por Jorge Eugênio de Lobo e Seilbs)
  40. Junta governativa -Antônio Luís Pereira da Cunha, marquês de Inhambupe - (substituído por José Joaquim Nabuco de Araújo, 1º barão de Itapoã , que foi posteriormente substituído por João de Freitas Albuquerque) (29 de dezembro de 1798 - 24 de maio de 1804)
  41. Caetano Pinto de Miranda Montenegro, marquês de Vila Real da Praia Grande (24 de maio de 1804 - 7 de março de 1817)
  42. Revolução Republicana - governo provisório - João Ribeiro Pessoa de Melo Montenegro - Domingos Teotônio Jorge Martins Pessoa - José Luís de Mendonça - Manuel Correia de Araújo - Domingos José Martins (7 de março de 1817 - 18 de maio de 1817)
  43. Domingos Teotônio Jorge Martins Pessoa (18 de maio de 1817 - 1º de julho de 1817) aclamado Ditador do governo revolucionário
  44. Luís do Rego Barreto (1º de julho de 1817 - 5 de outubro de 1821) restauração do Poder Real, último administrador português de Pernambuco
  45. Gervásio Pires Ferreira (18 de outubro de 1821 - setembro de 1822)

Governantes do período imperial (1822 — 1889)

Primeiro Reinado (1822-1831)

  1. Junta dos Matutos, presidida Afonso de Albuquerque Maranhão, que renunciou - Afonso de Albuquerque Maranhão - Francisco Pais Barreto, marquês do Recife - Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, barão e visconde de Suassuna - Manuel Inácio Bezerra de Melo (15 de setembro de 1823)
  2. Francisco Pais Barreto, marquês do Recife (15 de setembro de 1823 - 13 de dezembro de 1823)
  3. Manoel de Carvalho Paes de Andrade 13 de dezembro de 1823 Presidente da Junta Provisória, vindo a ser eleito em 8 de janeiro de 1824 Proclamou a Confederação do Equador (2 de julho de 1824)
  4. Francisco Pais Barreto, marquês do Recife
  5. Francisco de Lima e Silva, barão de Barra Grande (12 de setembro de 1824 - 25 de maio de 1825)
  6. José Carlos Mayrink da Silva Ferrão (25 de maio de 1825 - 12 de abril de 1826)
  7. Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, barão e visconde de Suassuna (12 de abril de 1826 - 30 de janeiro de 1827)
  8. José Carlos Mayrink da Silva Ferrão (30 de janeiro de 1827 - 24 de dezembro de 1828)
  9. Tomás Xavier Garcia de Almeida (24 de dezembro de 1828 - 15 de fevereiro de 1830)
  10. Joaquim José Pinheiro de Vasconcelos, visconde de Monserrate (15 de fevereiro de 1830 - 11 de outubro de 1831)

Período regencial (1831-1840)

  1. Francisco de Carvalho Pais de Andrade (11 de outubro de 1831 - 4 de setembro de 1832)
  2. Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, barão e visconde de Suassuna (28 de fevereiro de 1832 - 20 de maio de 1832)
  3. Bernardo Luís Ferreira Portugal (4 de setembro de 1832 - 14 de novembro de 1832) vice-presidente em exercício
  4. Manuel Zeferino dos Santos (14 de novembro de 1832 - 28 de setembro de 1833)
  5. Félix José Tavares de Lira (28 de setembro de 1835 - 6 de dezembro de 1835)
  6. Francisco de Paula de Almeida e Albuquerque (6 de dezembro de 1835 - 15 de janeiro de 1834)
  7. Joaquim José de Miranda (15 de janeiro de 1834 - 4 de junho de 1834)
  8. Manuel de Carvalho Pais de Andrade (4 de junho de 1834 - 11 de abril de 1835)
  9. Vicente Tomás Pires de Figueiredo (11 de abril de 1835 - 1º de junho de 1835)
  10. Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, barão e visconde de Suassuna (1º de junho de 1835 - 1º de fevereiro de 1837)
  11. Vicente Tomás Pires de Figueiredo de Camargo 11 de fevereiro de 1837 2 de dezembro de 1837
  12. Francisco do Rego Barros, conde da Boa Vista (2 de dezembro de 1837 - 5 de abril de 1838)
  13. Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, barão e visconde de Suassuna (12 de abril de 1838 - 30 de outubro de 1838)
  14. Francisco do Rego Barros, conde da Boa Vista (30 de outubro de 1838 - 15 de outubro de 1840)

Segundo Reinado (1840-1889)

  1. Tomás Antônio Maciel Monteiro, 1° barão de Itamaracá (15 de outubro de 1840 - 3 de novembro de 1840)
  2. Francisco do Rego Barros, conde da Boa Vista (3 de novembro de 1840 - 3 de abril de 1841)
  3. Manuel de Sousa Teixeira (3 de abril de 1841 - 7 de dezembro de 1841)
  4. Francisco do Rego Barros, conde da Boa Vista (7 de dezembro de 1841- 13 de abril de 1844)
  5. Pedro Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, visconde de Camaragibe (13 de abril de 1844 - 12 de maio de 1844)
  6. Isidro Francisco de Paula Mesquita e Silva (12 de maio de 1844 - 4 de junho de 1844)
  7. Joaquim Marcelino de Brito (4 de junho de 1844 - 9 de outubro de 1844)
  8. Tomás Xavier Garcia de Almeida (9 de outubro de 1844 - 6 de junho de 1845)
  9. Manuel de Sousa Teixeira (6 de junho de 1845 - 11 de julho de 1845)
  10. Antônio Pinto Chichorro da Gama (11 de julho de 1845 - 26 de abril de 1848)
  11. Vicente Pires da Mota (26 de abril de 1848 - 17 de junho de 1848)
  12. Domingos Malaquias de Aguiar Pires Ferreira, barão de Cimbres (17 de junho de 1848 - 15 de julho de 1848) — Interinamente (vice-presidente da Província)
  13. Antônio da Costa Pinto (15 de julho de 1848 - 17 de outubro de 1848)
  14. Herculano Ferreira Pena (17 de outubro de 1848 - 25 de dezembro de 1848)
  15. Vieira Tosta, marquês de Muritiba (25 de dezembro de 1848 - 2 de julho de 1849)
  16. Honório Hermeto Carneiro Leão, marquês de Paraná (2 de julho de 1849 - 8 de maio de 1850)
  17. José Ildefonso de Sousa Ramos, 2º Visconde de Jaguari (8 de maio de 1850 - 16 de junho de 1851)
  18. Vítor de Oliveira (16 de junho de 1851 - 9 de março de 1852)
  19. Francisco Antônio Ribeiro (9 de março de 1852 - 25 de abril de 1853)
  20. José Bento da Cunha Figueiredo, visconde de Bom Conselho (25 de abril de 1855 - 28 de maio de 1856)
  21. Sérgio Teixeira de Macedo (28 de maio de 1856 - 8 de abril de 1857) interinamente (2º vice-presidente da Província)
  22. Joaquim Pires Machado Portela (8 de abril de 1857 - 14 de outubro de 1857) interinamente (3º vice-presidente da Província)
  23. Benevenuto Augusto Magalhães Taques (14 de outubro de 1857 - 6 de dezembro de 1858)
  24. Manuel Felizardo de Sousa e Melo (6 de dezembro de 1858 - 27 de janeiro de 1859)
  25. José Antônio Saraiva (27 de janeiro de 1859 - 20 de abril de 1859)
  26. Pedro Francisco de Paula Cavalcanti e Albuquerque, barão e visconde Camaragibe (20 de abril de 1859 - 15 de outubro de 1859)
  27. Luís Barbalho Moniz Fiúza, barão de Monjardim (15 de outubro de 1859 - 30 de abril de 1860)
  28. Ambrósio Leitão da Cunha, barão de Mamoré (30 de abril de 1860 - 6 de abril de 1861)
  29. Joaquim Pires Machado Portela (6 de abril de 1861 - 29 de abril de 1861) interinamente (2º vice-presidente da Província)
  30. Antônio Marcelino Nunes Gonçalves, visconde de São Luís do Maranhão (29 de abril de 1861 - 20 de março de 1862)
  31. Joaquim Pires Machado Portela (20 de março de 1862 - 30 de abril de 1862) interinamente (2º vice-presidente da Província)
  32. Manuel Francisco Correia (20 de abril de 1862 - 2 de outubro de 1862)
  33. João Silveira de Sousa (2 de outubro de 1862 - 15 de janeiro de 1864)
  34. Domingos de Sousa Leão, 2.º Barão de Vilas Belas (13 de janeiro de 1864 - 1º de dezembro de 1864)
  35. Anselmo Francisco Peretti (1º de dezembro de 1864 - 25 de janeiro de 1865)
  36. Antônio Borges Leal Castelo Branco (25 de janeiro de 1865 - 25 de julho de 1865)
  37. Manuel Tomás Rodrigues Campelo, barão de Rio Formoso (25 de junho de 1865 - 12 de agosto de 1865)
  38. João Lustosa da Cunha Paranaguá, 2º Marquês de Paranaguá (12 de agosto de 1865 - 6 de março de 1866)
  39. Manuel Clementino Carneiro da Cunha (6 de março de 1866 - 5 de novembro de 1866)
  40. Francisco de Paula da Silveira Lobo (5 de novembro de 1866 - 24 de abril de 1867)
  41. Abílio José Tavares da Silva (25 de abril de 1867 - 10 de maio de 1867)
  42. Domingos de Sousa Leão, 2.º Barão de Vilas Belas (10 de maio de 1867 - 23 de julho de 1868)
  43. Quintino José de Miranda (23 de julho de 1868 - 28 de julho de 1868)
  44. Francisco de Assis Pereira Rocha (28 de julho de 1868 - 23 de agosto de 1868)
  45. Brás Carneiro Nogueira da Costa e Gama, conde de Baependi (23 de agosto de 1868 - 11 de abril de 1869)
  46. Manuel do Nascimento Machado Portela (11 de abril de 1869 - 5 de novembro de 1869)
  47. Frederico de Almeida e Albuquerque (5 de novembro de 1869 - 16 de abril de 1870)
  48. Francisco de Assis Pereira Rocha (16 de abril de 1870 - 10 de novembro de 1870)
  49. Diogo Velho Cavalcanti de Albuquerque, visconde de Cavalcanti (10 de novembro de 1870 - 3 de maio de 1871)
  50. Manuel do Nascimento Machado Portela (3 de maio de 1871 - 27 de outubro de 1871)
  51. João José de Oliveira Junqueira (27 de outubro de 1871 - 26 de abril de 1872)
  52. Manuel do Nascimento Machado Portela (26 de abril de 1872 - 10 de junho de 1872)
  53. Francisco de Faria Lemos (10 de junho de 1872 - 5 de novembro de 1872)
  54. Henrique Pereira de Lucena, barão de Lucena (5 de novembro de 1872 - 10 de maio de 1875)
  55. João Pedro Carvalho de Morais (10 de maio de 1875 - 1º de maio de 1876)
  56. Manuel Clementino Carneiro da Cunha (1º de maio de 1876 - 15 de novembro de 1877)
  57. Francisco de Assis Oliveira Maciel (15 de novembro de 1877 - 15 de fevereiro de 1878)
  58. Adelino Antônio de Luna Freire (15 de fevereiro de 1878 - 20 de maio de 1878)
  59. Adolfo de Barros Cavalcanti de Albuquerque Lacerda (20 de maio de 1878 - 18 de setembro de 1879)
  60. Adelino Antônio de Luna Freire (18 de setembro de 1879 - 20 de dezembro de 1879)
  61. Lourenço Cavalcanti de Albuquerque (29 de dezembro de 1879 - 9 de abril de 1880)
  62. Adelino Antônio de Luna Freire (9 de abril de 1880 - 28 de junho de 1880)
  63. Franklin Américo de Meneses Dória, barão de Loreto (28 de junho de 1880 - 1º de abril de 1881)
  64. José Antônio de Sousa Lima, barão de Sousa Lima (1º de abril de 1881 - 17 de dezembro de 1881)
  65. Antônio Epaminondas de Barros Correia, barão de Contendas (17 de dezembro de 1881 - 11 de março de 1882)
  66. José Liberato Barroso (11 de maio de 1882 - 11 de setembro de 1882)
  67. Antônio Epaminondas de Barros Correia, barão de Contendas (15 de setembro de 1882 - 17 de novembro de 1882)
  68. Francisco Maria Sodré Pereira (17 de novembro de 1882 - 25 de abril de 1883)
  69. Antônio Epaminondas de Barros Correia, barão de Contendas (25 de abril de 1883 - 26 de julho de 1883)
  70. José Manuel de Freitas (26 de julho de 1883 - 20 de setembro de 1884)
  71. Sancho de Barros Pimentel (20 de setembro de 1884 - 26 de janeiro de 1885)
  72. Augusto de Sousa Leão, barão de Caiará (26 de janeiro de 1885 - 8 de abril de 1885)
  73. João Rodrigues Chaves (8 de abril de 1885 - 7 de setembro de 1885)
  74. Luís Correia de Queiroz Barros (7 de setembro de 1885 - 27 de outubro de 1885)
  75. José Fernandes da Costa Pereira Júnior (27 de outubro de 1885 - 30 de março de 1886)
  76. Inacio Joaquim de Sousa Leão, barão de Sousa Leão (30 de março de 1886 - 10 de novembro de 1886)
  77. Pedro Vicente de Azevedo (10 de novembro de 1886 - 27 de outubro de 1887)
  78. Inacio Joaquim de Sousa Leão, barão de Sousa Leão (27 de outubro de 1887 - 7 de novembro de 1887)
  79. Manuel Eufrásio Correia (7 de novembro de 1887 - 4 de fevereiro de 1888)
  80. Inacio Joaquim de Sousa Leão, barão de Sousa Leão (4 de fevereiro de 1888 - 16 de abril de 1888)
  81. Joaquim José de Oliveira Andrade (16 de abril de 1888 - 3 de janeiro de 1889)
  82. Inocêncio Marques de Araújo Góis Júnior, barão de Araújo Góis (3 de janeiro de 1889 - junho de 1889)
  83. Inacio Joaquim de Sousa Leão, barão de Sousa Leão (junho de 1889 - 7 de junho de 1889)
  84. Augusto de Sousa Leão, barão de Caiará (7 de junho de 1889 - 17 de junho de 1889)
  85. Manuel Alves de Araújo (17 de junho de 1889 - 14 de novembro de 1889)
  86. Sigismundo Antonio Gonçalves (14 de novembro de 1889 - 15 de novembro de 1889)

Governantes do período republicano (1889 — 2018)

Primeira República Brasileira (1889-1930)

  1. José Cerqueira de Aguiar Lima (16 de novembro de 1889 - 12 de dezembro de 1889)
  2. José Simeão de Oliveira (12 de dezembro de 1889 - 25 de abril de 1890)
  3. Albino Gonçalves Meira (25 de abril de 1890 - 21 de junho de 1890)
  4. Ambrósio Machado da Cunha Cavalcanti (21 de junho de 1890 - 4 de agosto de 1890)
  5. [Henrique Pereira de Lucena, 1o Barão de Lucena Henrique Pereira de Lucena] (4 de agosto de 1890 - 23 de outubro de 1890)
  6. José Antônio Correia da Silva (23 de outubro de 1890 - 27 de novembro de 1891)
  7. José Maria de Albuquerque Melo (27 de novembro de 1891 - 30 de novembro de 1891)
  8. Antônio Epaminondas de Barros Correia, barão de Contendas (30 de novembro de 1891 - 7 de abril de 1892)
  9. Ambrósio Machado da Cunha Cavalcanti (7 de abril de 1892 - 20 de abril de 1892)
  10. Alexandre José Barbosa Lima (20 de abril de 1892 - 7 de abril de 1896)
  11. Joaquim Correia de Araújo (de abril de 1896 - 4 de abril de 1899)
  12. Sigismundo Antonio Gonçalves (4 de abril de 1899 - 7 de abril de 1900)
  13. Antônio Gonçalves Ferreira (7 de abril de 1900 - 7 de abril de 1904)
  14. Sigismundo Antonio Gonçalves (7 de abril de 1904 - 7 de abril de 1908)
  15. Herculano Bandeira de Melo (7 de abril de 1908 - 6 de setembro de 1911)
  16. Estácio de Albuquerque Coimbra (6 de setembro de 1911 - 13 de dezembro de 1911)
  17. João da Costa Bezerra de Carvalho (13 de dezembro de 1911 - 19 de dezembro de 1911)
  18. Emídio Dantas Barreto (19 de dezembro de 1911 - 18 de dezembro de 1915)
  19. Manoel Antônio Pereira Borba (18 de dezembro de 1915 - 18 de dezembro de 1919)
  20. José Henrique Carneiro da Cunha (18 de dezembro de 1919 - 24 de dezembro de 1919)
  21. José Rufino Bezerra Cavalcanti (24 de dezembro de 1919 - 28 de outubro de 1920)
  22. Otávio Hamilton Tavares Barreto (28 de outubro de 1920 - 3 de junho de 1921)
  23. Severino Marques de Queirós Pinheiro (3 de junho de 1921 - 18 de outubro de 1922 )
  24. Sérgio Teixeira Lins de Barros Loreto (18 de outubro de 1922 - 18 de outubro de 1926)
  25. Júlio de Melo (18 de outubro de 1926 - 12 de dezembro de 1926)
  26. Estácio de Albuquerque Coimbra (12 de dezembro de 1926 - 28 de maio de 1930)
  27. Júlio de Melo (17 de novembro de 1927 - 6 de janeiro de 1928)
  28. Júlio Celso de Albuquerque Belo (6 de janeiro de 1928 - 18 de maio de 1929)
  29. Júlio Celso de Albuquerque Belo (28 de maio de 1930 - 6 de outubro de 1930)

Segunda e Terceira Repúblicas Brasileiras (1930-1945)

  1. Carlos de Lima Cavalcanti (6 de outubro de 1930 - 12 de outubro de 1935)
  2. Antônio Vicente de Andrade Bezerra (12 de outubro de 1935 - 6 de dezembro de 1935)
  3. Carlos de Lima Cavalcanti (6 de dezembro de 1935 - 10 de novembro de 1937)
  4. Amaro de Azambuja Villanova (10 de novembro de 1937 - 3 de dezembro de 1937)
  5. Agamenon Magalhães (3 de dezembro de 1937 - 20 de fevereiro de 1945)
  6. Etelvino Lins de Albuquerque (20 de fevereiro de 1945 - 5 de novembro de 1945)

Quarta República Brasileira (1945-1964)

  1. José Neves Filho (5 de novembro de 1945 - 7 de fevereiro de 1946)
  2. José Domingues da Silva Filho (7 de fevereiro de 1946 - 7 de agosto de 1946)
  3. Demerval Peixoto (7 de agosto de 1946 - 8 de março de 1947)
  4. Amaro Gomes Pedrosa (8 de março de 1947 - 1º de julho de 1947)
  5. Otávio Correia de Araújo (1º de julho de 1947 - 14 de fevereiro de 1948)
  6. Alexandre Barbosa Lima Sobrinho (14 de fevereiro de 1948 - 31 de janeiro de 1951)
  7. Agamenon Magalhães (31 de janeiro de 1951 - 24 de agosto de 1952)
  8. Antônio Torres Galvão (24 de agosto de 1952 - 12 de dezembro de 1952)
  9. Etelvino Lins de Albuquerque (12 de dezembro de 1952 - 31 de janeiro de 1955)
  10. Osvaldo Cordeiro de Farias (31 de janeiro de 1955 - 14 de novembro de 1958)
  11. Otávio Correia de Araújo (14 de novembro de 1958 - 31 de janeiro de 1959)
  12. Constantino Carneiro de Albuquerque Maranhão (31 de janeiro de 1959 - 31 de março de 1959)
  13. Cid Feijó Sampaio (31 de março de 1959 - 31 de janeiro de 1963)
  14. Miguel Arraes (31 de janeiro de 1963 - 2 de abril de 1964)

Quinta República Brasileira (1964-1985)

  1. Paulo Guerra (2 de abril de 1964 - 31 de janeiro de 1967)
  2. Nilo de Sousa Coelho (31 de janeiro de 1967 - 15 de março de 1971)
  3. Eraldo Gueiros (15 de março de 1971 - 15 de março de 1975)
  4. Francisco Moura Cavalcanti (15 de março de 1975 - 15 de março de 1979)
  5. Marco Maciel (15 de março de 1979 - 15 de maio de 1982)
  6. José Muniz Ramos (15 de maio de 1982 - 15 de março de 1983)

Sexta República Brasileira (1985-presente)

  1. Roberto Magalhães (15 de março de 1983 - 14 de maio de 1986)
  2. Gustavo Krause (14 de maio de 1986 - 15 de março de 1987)
  3. Miguel Arraes (15 de março de 1987 - 1º de abril de 1990)
  4. Carlos Wilson Campos (1º de abril de 1990 - 15 de março de 1991)
  5. Joaquim Francisco Cavalcanti (15 de março de 1991 - 1º de janeiro de 1995)
  6. Miguel Arraes (1º de janeiro de 1995 - 1º de janeiro de 1999)
  7. Jarbas Vasconcelos (1º de janeiro de 1999- 1º de janeiro de 2003) (1º de janeiro de 2003 - 31 de março de 2006)
  8. José Mendonça Filho (31 de março de 2006 - 1º de janeiro de 2007)
  9. Eduardo Campos (1º de janeiro de 2007 - 1º de janeiro de 2011) (1º de janeiro de 2011 - 3 de abril de 2014)
  10. João Lyra (3 de abril de 2014 - 1º de janeiro de 2015)
  11. Paulo Câmara (1º de janeiro de 2015 - Em exercício)