Start My Family Tree Welcome to Geni, home of the world's largest family tree.
Join Geni to explore your genealogy and family history in the World's Largest Family Tree.

Governadores do Piauí

« Back to Projects Dashboard

Project Tags

view all

Profiles

  • Antônio Madeira Brandão, II (c.1748 - d.)
    MIRANDA, R. Livro XVIII – Família Madeira Brandão. In:___. Memória dos Ancestrais – parentes e contraparentes : uma genealogia do sertão. Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2017. MIRANDA, R. Livro...
  • João da Cunha Sotomaior (deceased)
    João da Cunha Souto Maior, governador de Pernambuco em 1689*Os judeus foram nossos avós de Marcos Antonio Filgueira*João da Cunha Souto Maior foi um administrador colonial português no Brasil.Foi capit...
  • Bernardo de Carvalho e Aguiar (c.1666 - 1730)
    MESTRE-DE-CAMPO BERNARDO DE CARVALHO E AGUIAR, O PACIFICADOR DOS SERTÕES DE DENTRO. In: MIRANDA, R. Piauienses notáveis . Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2019. p. 54-65.
  • João de Sousa, védor da Casa Real (b. - 1703)
    João de Sousa foi capitão-general e governador da Capitania de Pernambuco de 1682 a 1685.Diz o historiador Evaldo Cabral de Melo em seu livro «A fronda dos mazombos», página 73, que «a simpatia que o c...
  • António da Cunha Souto Maior, II (c.1662 - 1712)
    MESTRE-DE-CAMPO ANTÔNIO DA CUNHA SOUTO MAIOR, O PRECURSOR DA REPRESSÃO AO LEAVANTE GERAL. In: MIRANDA, R. Piauienses notáveis . Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2019. (Coleção Centenário, 137). ...

Período Colonial

Formação territorial

“Não se conhecem a data da Carta de Doação e respectivo Foral. Pedro Calmon acreditava que é de antes de 1535. Max Fleuiss afirma ser de 11-3-1535. Os historiadores piauienses, apoiados em Aires de Casal e Francisco Augusto Pereira da Costa, vêm afirmando que ela foi criada por C.R. de 19-11-1535, do rei dom João III, de Portugal, doada a Antônio Cardoso de Barros. Constituia-se de 40 léguas de terras na costa do Brasil, a contar do rio da Cruz, em 2 graus e 2 terços, correndo por L até Angra dos Negros em 2 graus. Partia dos limites das 100 léguas concedidas ao historiador João de Barros e ao capitão-de-mar Aires da Cunha e que constituíam a do Maranhão e cujos limites ao S chegavam até perto da foz do rio Parnaíba. O 1° donatário não levou avante os planos de colonização. O Visconde de Porto Seguro – Adolfo Varnhagen, entretanto, atribui a Fernão Álvares de Andrade as terras do Piauí e que estariam compreendidas na gleba a ele doada, entre o cabo de Todos os Santos até o rio da Cruz. Barbosa Lima Sobrinho acredita que esse trecho correspondia, aproximadamente, ao litoral situado entre o rio Camocim e a baía de São José, no Maranhão. Recebeu um total de 75 léguas. O certo é que era formada pela bacia oriental do Parnaíba. O ex-governador, senador e ministro Hugo Napoleão do Rego Neto, colocando-se a favor dessa última corrente, afirma: Os autores de mapas cartográficos levantados na época levaram alguns historiadores a deduzir que o primeiro donatário de terras piauienses foi Fernão Álvares de Andrade. O mapa de Arnold Florentin van Langeren, de 1596, localiza: a) o cabo de Todos os Santos; b) o rio da Cruz (limite da capitania de Fernão Álvares de Andrade; c) a Angra dos Negros (marco inicial da capitania de Antônio Cardoso de Barros; d) a baía da Traição (ponto limítrofe entre a capitania de Antônio Cardoso de Barros e a de João de Barros e Ayres da Cunha). E situa o rio Grande (Parnaíba) entre o cabo de Todos os Santos e o rio da Cruz, que correspondia ao quinhão de Fernão Álvares de Andrade. Levius Hulsius, em seu mapa de 1599, também coloca o rio Punaré (Parnaíba) a oeste do rio da Cruz e este a Oeste da Angra dos Negros. Idêntica localização é apresentada na carta de Petrus Koerius, de 1614. Finalmente, o mapa de Le Pére M. Cornelli, datado de 1688, situa o rio da Cruz a leste do rio Pará (Parnaíba). (‘Fatos da História do Piauí’ - 15)” (CAPITANIA DO PIAUÍ, 1994, p. 107).

Capitão-donatário

  1. Antônio Cardoso de Barros
  2. Fernão Álvares de Andrade

Capitães-mores da conquista do Piauí subordinados a Capitania de Pernambuco

  1. Francisco Dias de Siqueira – até 1701
  2. Antônio da Cunha Souto Maior – 1712
  3. Bernardo de Carvalho e Aguiar – 1713
  4. Francisco Xavier de Brito – 1721

Freguesia

“As terras do Piauí, de 1635 a 1714, pertenceram à jurisdição, ora de Pernambuco, ora da Bahia. [...]. Por ato régio de dom Pedro II, de Portugal, baixado em 1695 foi o território do Piauí desmembrado da jurisdição temporal e administrativa da capitania de Pernambuco, ficando sob a jurisdição da capitania do Maranhão, ato que não teve execução. C.R. de 3-3-1701 comunica ao governador de Pernambuco, dom Fernando Martins Mascarenhas de Lencastre, a anexação de freguesia do Piauí ao governo do Maranhão. [...]. Os dízimos pertencentes ao Piauí passariam a ser arrecadados pelo Maranhão, excluídos dos contratos de arrecadação de Pernambuco. O ato régio continuou, da mesma forma, sem execução” (GOVERNO DO ESTADO, 1994, p. 243-244).

Governadores da Capitania de Pernambuco

  1. Pedro de Almeida - 1674
  2. Aires de Sousa Castro – 1678
  3. João de Sousa – 1682
  4. João da Cunha Souto Maior – 1685
  5. Fernão Cabral – 1688
  6. Antônio Luís Gonçalves da Câmara Coutinho – 1689
  7. Antônio Félix Machado da Silva e Castro – 1693
  8. Caetano de Melo e Castro – 1693
  9. Fernando Martins Mascarenhas de Lencastre – 1699
  10. Francisco de Castro Morais – 1703
  11. Sebastião de Castro e Caldas – 1707
  12. Junta Governativa – 1711
  • Luís de Valenzuela Ortiz
  • Cristóvão de Mendonça Arrais
  • Domingos Bezerra Monteiro
  • Antônio Bezerra Cavalcanti
  • Estevão Soares de Aragão
  1. Manoel Álvares da Costa – 1711
  2. Félix José Machado de Mendonça Eça Castro e Vasconcelos – 1711

Governadores da Bahia

  1. Pedro Antônio de Noronha de Albuquerque e Sousa – 1714

Subordinação ao Maranhão: 1ª fase

“Provisão do Conselho Ultramarino, de 11-1-1715, determinou e assim se cumpriu que a jurisdição do território do Piauí, que até então pertencia a capitania da Bahia, ficasse pertencendo ao Estado do Maranhão, que tinha por sede a cidade de Belém, residência dos governadores e capitães-generais, tendo como lugar-tenente para dirigir os governos do Piauí e Maranhão um cap.-mor governador, que residia na cidade de São luís, o qual tinha atribuições limitadas” (GOVERNO DO ESTADO, 1994, p. 244).

Governadores do Estado do Maranhão e Grão-Pará: com jurisdição sobre o Piauí

  1. Cristóvão da Costa Freire – 1707-1718
  2. Bernardo Pereira de Berredo e Castro – 1718-1722
  3. João da Maia da Gama – 1722-1728
  4. Alexandre de Sousa Freire – 1728-1732
  5. José da Serra – 1732-1736
  6. João Alves de Carvalho – 1736-1737
  7. João de Abreu Castelo Branco – 1737-1747
  8. Domingos Duarte Sardinha – 1745
  9. Francisco Pedro de Mendonça Gurjão – 1747-1749
  10. Domingos Duarte Sardinha – governador interino – 1749-1750
  11. Francisco Xavier de Mendonça Furtado – 1751

Subordinação ao Maranhão: 2ª fase

“Em 1751, abolidos os capitães-mores, o governador geral passou a residir em Belém, ficando em São Luís um governador subalterno. C.R. de 6-8-1753 extinguiu o cargo de cap.-mor governador do Maranhão e Piauí, ficando o cap. general da capitania do Maranhão com plena jurisdição sobre o Piauí” (GOVERNO DO ESTADO, 1994, p. 244).

Governadores do Estado do Grão-Pará e Maranhão

  1. Luís de Vasconcelos Lobo – 1751
  2. Severino de Faria – 1752
  3. Gonçalo Pereira Lobato e Sousa – 1753
  4. Manoel Fernando de Melo e Castro – 1759
  5. Joaquim de Melo e Póvoas – 1761
  6. Fernando da Costa de Ataíde Teive – 1773
  7. João Pereira Caldas – 1773

Subordinação ao Maranhão: 3ª fase

“Decreto de 20-8-1772 dividiu o Estado do Maranhão e Grão Pará em dois governos distintos e independentes, ficando o Piauí sujeito à capitania do Maranhão. Este decreto foi confirmado pelo de 3 de maio e provisão de 9-7-1774. Em 7-5-1775, o antigo Estado do Maranhão foi dividido pela última vez e constituindo as capitanias do Maranhão e Piauí outro novo” (GOVERNO DO ESTADO, 1994, p. 244).

Governadores do Estado do Maranhão e Piauí

  1. Joaquim de Melo e Póvoas – 1775
  2. Antônio de Sales Noronha – 1779
  3. José Teles da Silva – 1784
  4. Fernando Pereira Leite de Foios – 1787
  5. Fernando Antônio de Noronha – 1792
  6. Diogo Martim Afonso de Sousa Teles de Menezes – 1798
  7. Francisco de Eça de Castro
  8. Antônio Saldanha da Gama – 1804
  9. Francisco de Melo Manoel da Câmara – 1806
  10. José Tomás de Menezes – 1809
  11. Junta Governativa – 1811

Capitania do Piauí: subordinada ao Maranhão

“A 18-11-1718, por alvará de dom João V, foi desanexada do Maranhão para tornar-se independente apenas administrativamente. O ato só teve execução, entretanto, 40 anos depois, pela provisão de 29-7-1758, de dom José I, que mandou pôr em execução o alvará de 1718” (GOVERNO DO ESTADO, 1994, p. 244).

Governadores da Capitania

  1. João Pereira Caldas – primeiro governador, nomeado em 29-7-1758, assume em 29-9-1759 e a denomina Capitania de São José do Piauí, em homenagem ao soberano reinante dom José I – (29/09/1759 – 03/08/1769)
  2. Gonçalo Lourenço Botelho de Castro – (03/08/1769 – 01/01/1775)
  3. Junta Governativa – (02/01/1775 – 12/12/1797)

“Governo interino – a lei de sucessão foi estabelecida no alvará de 12-12 -1770. A junta trina governativa compor-se-ia do ouvidor geral da comarca do Piauí, do vereador mais velho da câmara do Senado de Oeiras e da mais alta patente militar que residisse na capital” (GOVERNO DO ESTADO, 1994, p. 244).
1º membro: ouvidor geral da comarca do Piauí

2º membro: mais alta patente militar que residisse na capital

3º membro: vereador mais velho da câmara do Senado de Oeiras

  1. João de Amorim Pereira – (12/12/1797 – 16/10/1799)
  2. Francisco Diogo de Morais – governador interino – (16/10/1799 – 17/02/1803)
  3. João de Amorim Pereira – (17/02/1803 – 04/06/1803)
  4. Pedro José César de Menezes – (04/06/1803 – 02/03/1805)
  5. Luís Antônio Sarmento da Maia – governador interino – (02/03/1805 – 21/01/1806)
  6. Carlos César Burlamaqui – (21/01/1806 – 20/10/1810)
  7. Francisco da Costa Rabelo – governador interino – (20/10/1810 – 13/07/1811)

Capitania do Piauí: independente

“Capitania totalmente independente – por decreto de 26-9 e C.R. de 10-10-1811, foi a capitania do Piauí separada definitivamente do Maranhão. Essa carta foi publicada, em Oeiras, por bando de 4-9-1812” (GOVERNO DO ESTADO, 1994, p. 244).

Governadores da Capitania

  1. Junta Governativa – (13/07/1811 – 10/01/1814)

1º membro: ouvidor geral da comarca do Piauí

2º membro: mais alta patente militar que residisse na capital

3º membro: vereador mais velho da câmara do Senado de Oeiras

  • Severino Coelho Rodrigues – (13/07/1811 – 13/07/1812)
  • Miguel Pereira de Araújo – (13/07/1812 – 13/07/1813)
  • João Gomes Caminha – (13/07/1813)
  • Francisco Manoel da Cunha (1813)
  1. Baltasar de Sousa Botelho de Vasconcelos – (10/01/1814 – 14/07/1819)
  2. Elias José Ribeiro de Carvalho – (14/07/1819 – 26/10/1821)
  3. Junta Constitucional eleita e instalada – (26/10/1821 – 07/04/1822)
  1. Junta Governativa – (07/04/1822 – 24/01/1823)
  1. Junta Governativa – (24/01/1823 – 19/09/1824)

Período Imperial

Presidentes da Província do Piauí durante o Primeiro Reinado (1822-1831)

  1. Manoel de Sousa Martins – (provisório 20/09/1824, efetivado 01/05/1825 – 09/12/1828)
  2. Inácio Francisco de Araújo Costa – (09/12/1828 - 13/02/1829, como membro do Conselho Geral da Província)
  3. Manoel de Sousa Martins – (13/02/1829 - 14/02/1829)
  4. João José Guimarães e Silva – (15/02/1829 - 17/02/1831)

Presidentes da Província do Piauí durante o Período Regencial (1831-1840)

  1. Manoel de Sousa Martins – (17/02/1831, efetivado em 01/06/1832 - 30/12/1843)

Presidentes da Província do Piauí durante o Segundo Reinado (1840-1889)

  1. Manoel de Sousa Martins – (17/02/1831, efetivado em 01/06/1832 - 30/12/1843)
  2. José Ildefonso de Sousa Ramos – (30/12/1843 - 09/09/1844)
  3. Tomás Joaquim Pereira Valente – (09/09/1844 - 28/06/1845)
  4. Francisco Xavier de Cerqueira – (28/06/1845 - 28/07/1845)
  5. Zacarias de Góis e Vasconcelos – (28/07/1845 - 07/09/1847)
  6. Marcos Antônio de Macedo – (07/09/1847 - 14/03/1848)
  7. Francisco Xavier de Cerqueira – (14/03/1848 - 11/07/1848)
  8. Anselmo Francisco Peretti – (11/07/1848 - 25/12/1849)
  9. Inácio Francisco da Mota – (25/12/1849 - 07/09/1850)
  10. José Antônio Saraiva – (07/09/1850 - 12/03/1853)
  11. Simplício de Sousa Mendes – (12/03/1853 - 02/04/1853)
  12. Luís Carlos de Paiva Teixeira – (02/04/1853 - 05/12/1853)
  13. Antônio Francisco Pereira de Carvalho – (05/12/1853 - 09/08/1855)
  14. Ernesto José Batista – (09/08/1855 - 16/09/1855)
  15. Balduíno José Coelho – (16/09/1855 - 01/12/1855)
  16. Frederico de Almeida e Albuquerque – (01/12/1855 - 07/03/1857)
  17. Lourenço Francisco de Almeida Catanho – (07/03/1857 - 10/06/1857)
  18. João José de Oliveira Junqueira – (10/06/1857 - 30/12/1858)
  19. Simplício de Sousa Mendes – (30/12/1858 - 01/01/1859)
  20. José Mariano Lustosa do Amaral – (01/01/1859 - 24/01/1859)
  21. Antônio Correia do Couto – (24/01/1859 - 27/06/1859)
  22. Ernesto José Batista – (27/06/1859 - 26/07/1859)
  23. José Mariano Lustosa do Amaral – (26/07/1859 - 05/11/1859)
  24. Diogo Velho Cavalcanti de Albuquerque – (05/11/1859 - 16/05/1860)
  25. Ernesto José Batista – (16/05/1860 - 13/07/1860)
  26. Manoel Antônio Duarte de Azevedo – (13/07/1860 - 15/04/1861)
  27. José Mariano Lustosa do Amaral – (15/04/1861 - 13/05/1861)
  28. Antônio Brito de Sousa Gayoso – (13/05/1861 - 13/06/1862)
  29. José Fernandes Moreira – (13/06/1862 - 30/06/1863)
  30. Pedro Leão Veloso – (30/06/1863 - 05/12/1863)
  31. Antônio Sampaio de Almendra – (05/12/1863 - 28/05/1864)
  32. Franklin Américo de Meneses Dória – (28/05/1864 - 03/08/1866)
  33. José Manoel de Freitas – (03/08/1866 - 05/10/1866)
  34. Adelino Antônio de Luna Freire – (05/10/1866 - 05/11/1867)
  35. José Manoel de Freitas – (05/11/1867 - 09/11/1867)
  36. Polidoro César Burlamaqui – (09/11/1867 - 03/05/1868)
  37. José Manoel de Freitas – (03/05/1868 - 24/08/1868)
  38. Simplício de Sousa Mendes – (24/08/1868 - 28/08/1868)
  39. Augusto Olímpio Gomes de Castro – (28/08/1868 a 03/04/1869)
  40. Simplício de Sousa Mendes – (03/04/1869 a 21/05/1869)
  41. Teotônio de Sousa Mendes – (21/05/1869 - 06/12/1869)
  42. Luís Antônio Vieira da Silva – (06/12/1869 - 09/04/1870)
  43. Domingos Monteiro Peixoto – (09/04/1870 - 20/04/1870)
  44. Luís Antônio Vieira da Silva – (20/04/1870 - 07/05/1870)
  45. Manoel José Espínola Junior – (07/05/1870 - 25/12/1870)
  46. Manoel do Rego Barros de Sousa Leão – (25/12/1870 - 27/02/1872)
  47. José Amaro Machado – (27/02/1872 - 17/03/1872)
  48. José Tomás de Aguiar Cantanhede – Presidente da Câmara Municipal de Teresina - (17/03/1872 - 19/03/1872)
  49. José Francisco de Miranda Osório – (19/03/1872 - 18/04/1872)
  50. Teotônio de Sousa Mendes – (18/04/1872 - 23/04/1872)
  51. - Pedro Afonso Ferreira – (23/04/1872 - 01/12/1873)
  52. José Francisco de Miranda Osório – (01/02/1873 - 22/02/1873)
  53. Gervásio Cícero de Albuquerque Melo – (22/02/1873 - 27/04/1873)
  54. Adolfo Barreto Lamenha Lins – (27/04/1873 - 27/11/1874)
  55. Odorico Brasilino de Albuquerque Rosa – (27/11/1874 - 28/04/1875)
  56. Delfino Augusto Cavalcanti de Albuquerque – (28/04/1875 - 04/08/1875)
  57. Luís Eugênio Horta Barbosa – (04/08/1875 - 02/01/1877)
  58. Graciliano de Paula Batista – (02/01/1877 - 13/08/1877)
  59. Francisco Bernardino Rodrigues Silva – (13/08/1877 - 21/11/1877)
  60. Augusto da Cunha Castelo Branco – (21/11/1877 - 09/01/1878)
  61. Raimundo Mendes de Carvalho – (09/01/1878 a 27/02/1878)
  62. José de Araújo Costa – (27/02/1878 - 15/04/1878)
  63. Sancho de Barros Pimentel – (15/04/1878 - 13/12/1878)
  64. Constantino Luís da Silva Moura – (13/12/1878 - 19/12/1878)
  65. José Mariano Lustosa do Amaral – (19/12/1878 - 18/03/1879)
  66. Francisco de Sousa Martins – (18/03/1879 - 07/04/1879)
  67. João Pedro Belfort Vieira – (07/04/1879 - 11/12/1879)
  68. Manoel Ildefonso de Sousa Lima – (11/12/1879 - 04/03/1880)
  69. Sinval Odorico de Moura – (04/03/1880 - 15/04/1880)
  70. Manoel Ildefonso de Sousa Lima – (15/04/1880 - 01/05/1880)
  71. Firmino de Sousa Martins – (01/05/1880 - 07/02/1881)
  72. Sinval Odorico de Moura – (07/02/1881 - 31/12/1881)
  73. Manoel Ildefonso de Sousa Lima – (31/12/1881 - 12/05/1882)
  74. Miguel Joaquim de Almeida e Castro – (12/05/1882 - 05/04/1883)
  75. Firmino de Sousa Martins – (05/04/1883 - 06/09/1883)
  76. Torquato Mendes Viana – (06/09/1883 - 18/10/1883)
  77. Manoel Ildefonso de Sousa Lima – (18/10/1883 - 06/12/1883)
  78. Emídio Adolfo Vitório da Costa (06/12/1883 - 08/09/1884)
  79. Manoel Ildefonso de Sousa Lima – (08/09/1884 - 01/10/1884)
  80. Raimundo Teodorico de Castro e Silva – (01/10/1884 - 01/09/1885)
  81. Manoel Ildefonso de Sousa Lima – (01/09/1885 - 14/10/1885)
  82. Raimundo de Arêa Leão – (14/10/1885 - 16/10/1885)
  83. Manoel José de Menezes Prado – (16/10/1885 - 07/09/1886)
  84. Antônio Jansen de Matos Pereira – (07/09/1886 - 06/07/1887)
  85. Francisco José Viveiros de Castro – (06/07/1887 - 27/07/1888)
  86. Firmino Licínio da Silva Soares – (27/07/1888 - 26/09/1888)
  87. Raimundo José Vieira da Silva – (26/09/1888 - 27/06/1889)
  88. Firmino de Sousa Martins – (27/06/1889 - 23/07/1889)
  89. Teófilo Fernandes dos Santos – (23/07/1889 - 10/10/1889)
  90. João da Cruz e Santos – (10/10/1889 - 12/10/1889)
  91. Lourenço Valente de Figueiredo – (12/10/1889 - 15/11/1889)

Período Republicano

República Velha: Primeira República Brasileira - (15/11/1889 - 03/11/1930)

  1. Junta Republicana do Estado do Piauí – (16/11/1889 – 26/11/1889)

A essa junta agregaram-se, em 18/11/1889:

  1. Gregório Taumaturgo de Azevedo – (26/11/1889 - 04/06/1890)
  2. Joaquim Nogueira Paranaguá – (04/06/1890 - 23/08/1890)
  3. Gabino Suzano de Araújo Besouro – (23/08/1890 - 19/10/1890)
  4. João da Cruz e Santos – (19/10/1890 - 27/12/1890)
  5. Álvaro Moreira de Barros Oliveira Lima – (27/12/1890 - 28/05/1891)
  6. Gabriel Luís Ferreira – (28/05/1891 - 21/12/1891)
  7. Junta Republicana do Estado do Piauí – (21/12/1891 - 29/12/1891)
  1. João Domingos Ramos – (29/12/1891 - 11/02/1892)
  2. Coriolano de Carvalho e Silva – (11/02/1892 - 01/07/1896)
  3. Raimundo Artur de Vasconcelos – (01/07/1896 - 30/06/1900)
  4. Tomás Rebelo de Oliveira Castro – vice-governador assume o governo – (01/07/1900 - 16/07/1900)
  5. Arlindo Francisco Nogueira – vice-governador assume o governo – (16/07/1900 - 01/07/1904)
  6. Álvaro de Assis Osório Mendes – (01/07/1904 - 05/12/1907)
  7. Areolino Antônio de Abreu – vice-governador assume o governo – (05/12/1907 - 31/12/1907)
  8. José Lourenço de Morais e Silva – 3º vice-governador assume o governo – (01/01/1908 - 06/01/1908)
  9. Flávio de Sousa Mendes – ex-Presidente da Assembleia Legislativa – (06/01/1908 - 07/01/1908)
  10. Areolino Antônio de Abreu – (07/01/1908 - 31/03/1908)
  11. José Lourenço de Morais e Silva – Presidente do Tribunal de Justiça – (31/03/1908 - 01/07/1908)
  12. Anísio Auto de Abreu – (01/07/1908 - 06/12/1909)
  13. Manoel Raimundo da Paz – Presidente da Assembleia Legislativa – (07/12/1909 - 15/03/1910)
  14. Antonino Freire da Silva – (15/03/1910 - 01/07/1912)
  15. Miguel de Paiva Rosa – (01/07/1912 - 01/07/1916)
  16. Eurípedes Clementino de Aguiar – (01/07/1916 - 01/07/1920)
  17. João Luís Ferreira – (01/07/1920 - 01/07/1924)
  18. Matias Olímpio de Melo – (01/07/1924 - 01/07/1928)
  19. João de Deus Pires Leal – (01/07/1928 - 04/10/1930)
  20. Humberto de Arêa Leão – vice-governador assume o governo – (04/10/1930 - 14/11/1930)

Era Vargas: Segunda e Terceira República Brasileira - (03/11/1930 - 29/10/1945)

  1. Humberto de Arêa Leão – Interventor – (14/11/1930 - 29/01/1931)
  2. Joaquim Vaz da Costa – (29/01/1931)
  3. Joaquim Lemos Cunha – (29/01/1931 - 21/05/1931)
  4. Landry Sales Gonçalves – (21/05/1931 a 03/05/1935)
  5. Leônidas de Castro Melo – (03/05/1935 - 24/11/1937)
  6. Leônidas de Castro Melo – Interventor Federal – (24/11/1937 - 09/11/1945)
  7. Álvaro Sísifo Correia – Interventor Federal interino
  8. Anfrísio de Lobão Veras Filho – Presidente da Assembleia Legislativa – (20/07/1937 - 21/09/1937)
  9. João Osório Porfírio da Mota – Secretário-Geral do Governo – (07/03/1938 - 29/03/1938)
  10. João Osório Porfírio da Mota – Secretário-Geral do Governo – (24/05/1943 - 20/06/1943)
  11. Antônio Leôncio Pereira Ferraz – (09/11/1945 - 19/12/1945)

República Populista: Quarta República Brasileira - (31/01/1946 - 31/03/1964)

  1. Benedito Martins Napoleão – (19/12/1945 - 20/03/1946)
  2. José Vitorino Correia – (20/03/1946 - 03/09/1946)
  3. Valter do Rego Alencar – interino – (08/07/1946 - 20/07/1946)
  4. Manoel Sotero Vaz da Silveira – (03/09/1946 a 11/10/1946)
  5. Teodoro Ferreira Sobral – (11/10/1946 - 17/03/1947)
  6. Raimundo de Brito Melo – Secretário Geral – (09/11/1946 - 09/12/1946)
  7. Waldir de Figueiredo Gonçalves – (17/03/1947 - 28/04/1947)
  8. José da Rocha Furtado – (28/04/1947 - 31/01/1951)
  9. Pedro de Almendra Freitas – (31/01/1951 - 31/01/1955)
  10. Jacob Manoel Gayoso e Almendra – (31/01/1955 - 31/01/1959)
  11. Francisco das Chagas Caldas Rodrigues – (31/01/1959 - 03/07/1962)
  12. Tibério Barbosa Nunes – (03/07/1962 - 31/01/1963)
  13. Petrônio Portela Nunes – (31/01/1963 - 12/08/1966)

Ditadura Militar: Quinta República Brasileira - (01/04/1964 - 15/03/1985)

  1. Petrônio Portela Nunes – (31/01/1963 - 12/08/1966)
  2. José Odon Maia Alencar – 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa – (18/06/1966)
  3. José Odon Maia Alencar – 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa – (12/08/1966 - 12/09/1966)
  4. Helvídio Nunes de Barros – (12/09/1966 - 14/05/1970)
  5. Edgar Nogueira – Presidente do Tribunal de Justiça – (08/05/1870)
  6. João Turíbio Monteiro de Santana – Vice-Presidente do Tribunal de Justiça – (14/05/1870 - 15/05/1870)
  7. João Clímaco de Almeida – (15/05/1970 - 15/03/1971)
  8. Aluísio Soares Ribeiro – Presidente da Assembleia Legislativa
  9. Alberto Tavares Silva – (15/03/1971 - 15/03/1975)
  10. Sebastião Rocha Leal – Vice-governador, várias vezes assumiu o governo
  11. Francisco das Chagas Ribeiro Magalhães – 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa
  12. João Calixto Lobo – 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa
  13. Dirceu Mendes Arcoverde – (15/03/1975 - 14/08/1978)
  14. Antônio de Almendra Freitas Neto – Presidente da Assembleia Legislativa
  15. Djalma Martins Veloso – (14/08/1978 - 15/03/1979)
  16. Lucídio Portela Nunes – (15/03/1979 - 15/03/1983)
  17. Afrânio Messias Alves Nunes – Presidente da Assembleia Legislativa – (01/10/1979 - 03/10/1979)
  18. Hugo Napoleão do Rego Neto – (15/03/1983 - 14/05/1986)
  19. Paulo de Tarso Melo e Freitas – Presidente do Tribunal de Justiça – (09/07/1984 - 12/07/1984)

Nova República: Quinta República Brasileira

  1. Hugo Napoleão do Rego Neto – (15/03/1983 - 14/05/1986)
  2. José Raimundo Bona Medeiros – (15/05/1986 - 15/03/1987)
  3. Alberto Tavares Silva – (15/03/1987 - 15/03/1991)
  4. Lucídio Portela Nunes – Vice-governador – (08//1987)
  5. Manfredi Mendes de Cerqueira – Presidente do Tribunal de Justiça – (09//1990)
  6. Antônio de Almendra Freitas Neto – (15/03/1991 - 02/04/1994)
  7. Guilherme Cavalcanti Melo – (02/04/1994 - 01/01/1995)
  8. Francisco de Assis de Morais Sousa, Mão Santa – (01/01/1995 - 01/01/1999)
  9. Francisco de Assis de Morais Sousa, Mão Santa – (01/01/1999 - 06/11/2001)
  10. Kleber Dantas Eulálio – (09/11/2001 - 19/11/2001)
  11. Hugo Napoleão do Rego Neto – (19/11/2001 a 01/01/2003)
  12. José Wellington Barroso de Araújo Dias – (01/01/2003 - 01/01/2007)
  13. José Wellington Barroso de Araújo Dias – (01/01/2007 - 01/04/2010)
  14. Wilson Nunes Martins – (01/04/2010 - 01/01/2011)
  15. Wilson Nunes Martins – (01/01/2011 - 04/04/2014)
  16. Antônio José de Morais Sousa Filho – (04/04/2014 - 01/01/2015)
  17. José Wellington Barroso de Araújo Dias – (01/01/2015 - 01/01/2019)
  18. José Wellington Barroso de Araújo Dias – (01/01/2019 - 31/03/2022)
  19. Maria Regina Sousa (31/03/2022 - ...)

Referências

CAPITANIA DO PIAUÍ. In: BASTOS, C. de A. Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Piauí. Teresina: Fundação Cultural Monsenhor Chaves – PMT, 1994. p. 107.

CAPITÃO-MOR. In: BASTOS, C. de A. Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Piauí. Teresina: Fundação Cultural Monsenhor Chaves – PMT, 1994. p. 107.

GOVERNO DO ESTADO. In: BASTOS, C. de A. Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Piauí. Teresina: Fundação Cultural Monsenhor Chaves – PMT, 1994. p. 243-248.

WIKIPÉDIA, A ENCICLIPÉCIA LIVRE. Lista de governadores do Piauí. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_governadores_do_Piau%C3%AD >.