Start your family tree now Is your surname da Cunha?
There are already 145 users and over 5,000 genealogy profiles with the da Cunha surname on Geni. Explore da Cunha genealogy and family history in the World's Largest Family Tree.

da Cunha Genealogy and da Cunha Family History Information

‹ Back to Surnames Index

Create your Family Tree.
Discover your Family History.

  • Build your family tree online
  • Share photos and videos
  • Smart Matching™ technology
  • Free!

Share

view all

Profiles

  • Adriana Calcanhotto
    Adriana da Cunha Calcanhotto (Porto Alegre, 3 de outubro de 1965), mais conhecida por Adriana Calcanhotto ou Adriana Partimpim, é uma cantora e compositora brasileira. Mais na Wikipédia .
  • Aécio Ferreira da Cunha (1927 - 2010)
    Aécio Ferreira da Cunha (Teófilo Otoni, 4 de janeiro de 1927 — Belo Horizonte, 3 de outubro de 2010) foi um advogado e político brasileiro. Vida[editar | editar código-fonte] Filho do político mineir...
  • Ambrósio Leitão da Cunha, Barão de Mamoré (1825 - 1898)
    Foi um advogado, juiz e político brasileiro. Foi deputado geral, presidente de província e senador do Império do Brasil de 1870 a 1889. Foi presidente das províncias do Pará, de 24 de maio a 8 ...
  • Ana Tenreiro da Cunha (c.1595 - 1657)

About the da Cunha surname

A família "da Cunha" ou "e Cunha" é muito antiga neste rincão " à beira mar plantado". Dizem os anais mais antigos desta TERRA DE SANTA MARIA, que a família Cunha veio para PORTUGAL acompanhando o Conde DOM. HENRIQUE, quando este entrou, pela primeira vez na posse do CONDADO PORTUCALENSE, doado pelo REI DE CASTELA a sua filha DONA TERESA e a seu genro ,o CONDE DOM HENRIQUE DE BOURBON, pelos bons serviços prestados por este cavaleiro-fidalgo francês, nas lutas contra os mouros. nas reconquistas cristãs, no século XII- Os "Cunhas" são descendentes de DOM PAIO GUTERRES e o sangue que lhes fervilhava nas veias ,fez deles valentes guerreiros. destemidos e corajosos, salientando-se na conquista da cidade de LISBOA, onde usaram cunhas de ferro para segurar a bandeira de PORTUGAL no castelo a que chamaram " DE SÃO JORGE",e que representavam os trunfos das suas vitórias.